Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Busca: covid
Limpar filtros
Jogos didáticos digitais: recursos para estimular o ensino e a aprendizagem de Física
Física, Formação de Professores e Vivências de Sala de Aula

O tema ensino de Física vem sendo discutido, durante anos, em diferentes eventos, debates, palestras etc. entre os professores de Física. Inúmeros trabalhos mostram possíveis caminhos para melhorar o processo de ensino e aprendizagem de Física, mas nem sempre as condições são favoráveis para estes profissionais refletirem em possíveis mudanças; por exemplo, os recursos financeiros e o tempo. O ensino tradicional é um dos motivos que levam os alunos ao desinteresse pela disciplina Física. Sabendo dessa problemática e vivenciando um período em que os jogos estão cada vez mais fazendo parte do cotidiano das pessoas, este trabalho desenvolveu dois jogos didáticos virtuais, intitulados A Física na Memória e A Física nas Palavras como ferramenta de ensino para estimular os professores de Física a refletirem sobre os seus trabalhos e a explorarem a tecnologia, especificamente o computador e o software PowerPoint, os conhecimentos dos conteúdos de Física e, por fim, a criatividade para melhorar o ensino de Física na sala de aula.

Milton Santos e o atual estado de coisas: reflexões em tempos pandêmicos
Geografia

Este capítulo pandêmico da nossa história fatídica não é um ponto fora da curva. Ele reforça a confusão que a globalização tornou possível entre as escalas e submete ainda mais a Natureza à fragmentação das imagens, aos discursos superficiais da funcionalidade comunicativa. A globalização perversa, como ensina Milton Santos, subverte escalas e nos aparta ainda mais da Natureza. A ciência, hiperespecializada, tornou-se cega a fenômenos complexos. A pandemia, sem contexto, reduz-se a espetáculo.

Avaliação da Educação Básica: reflexão sobre o histórico dos resultados do Enem nas escolas estaduais de Viçosa/MG
Avaliação, Instituição Escola e Política Educacional

Este artigo tem como objetivo analisar os resultados obtidos no Enem nas edições de 2009 a 2018, das escolas estaduais do município de Viçosa/MG. Para isso, utilizará uma metodologia mista, visto que os resultados qualitativos e quantitativos serão confrontados. Os dados quantitativos foram retirados da Plataforma QEdu, que disponibiliza diversos resultados de escolas públicas frente às avaliações externas. Corroborando os resultados analisados, elaborou-se um roteiro de entrevista a ser realizada com a diretora da Escola Estadual Effie Rolfs, considerando os melhores desempenhos dos estudantes dessa instituição no Enem ao longo dos anos. A entrevista proporcionou informações relevantes que possibilitaram compreender algumas particularidades metodológicas realizadas na instituição.