Este trabalho foi recuperado de uma versão anterior da revista Educação Pública. Por isso, talvez você encontre nele algum problema de formatação ou links defeituosos. Se for o caso, por favor, escreva para nosso email (educacaopublica@cecierj.edu.br) para providenciarmos o reparo.

ÁFRICA QUE NOS FAZ SONHAR

Cristiane Brandão

Cientista Social e Pedagoga

Árvore genealógica
Berço da criação
Não ignoro a tua beleza
Mas te ergo minha mão

Felicito os ascendentes
Vejo com muito fulgor
Aquela que não esconde
O quanto aqui lutou

Rios de águas correram
A ponto de transbordar
Toda tua riqueza
Também trazida pra cá

Irmãos assim construídos
Com olhar revelador
Toleramos as diferenças
Superando toda dor

Continentes com fronteiras
Caminhos a trilhar
Sempre acreditando
Que a África nos faz sonhar

Ainda há esperança
De que poderemos dizer:
Anseios da nossa África
E vontade pra viver!

 

Este poema foi produzido durante o curso História e Cultura da África, ministrado na UNIG organizado pela Prefeitura de Nova Iguaçu em 2007.

Publicado em 22/11/2011

Publicado em 22 de novembro de 2011