Edição V. 20, Ed. 24 - 30/06/2020

São João Marcos e Ribeirão das Lajes: progresso, a questão ambiental e a preservação do patrimônio cultural

Ecologia e Meio Ambiente, Nutrição e Alimentos, Biologia e Biociências, Antropologia, Arqueologia, Geografia e História

Este trabalho visa resgatar a memória da antiga cidade de São João Marcos, sua história e suas tradições culturais, revelar a situação dramática vivida por seus habitantes durante o período da implantação da represa de Ribeirão das Lajes, além de mostrar que o progresso pode andar em consonância com a questão ambiental e com a preservação do patrimônio cultural. A vida das pessoas vale muito mais do que qualquer interesse econômico, político e a ganância das grandes corporações. É preciso considerar quão importantes são a proteção e a conservação de um patrimônio cultural e nacional.

Leia este artigo

Alfabetização como processo discursivo: as possibilidades de mediação do psicopedagogo

Psicologia, Vivências de Sala de Aula e Língua Portuguesa e Literatura

O artigo apresenta uma breve análise do processo de alfabetização na perspectiva discursiva na fase inicial da escrita, defendida por Ana Luiza Smolka, e as possibilidades de mediação psicopedagógica nos processos de leitura e escrita, por se tratar de uma demanda significativa no atendimento psicopedagógico. Com base nesse ponto de vista, buscamos correlacionar as possibilidades do trabalho psicopedagógico. A mediação psicopedagógica precisa levar em consideração como esses processos se articulam, de modo a entender como a criança pensa a escrita e a leitura, resguardando seus processos autorais e de significação social. Além disso, pontuamos também alguns dos recursos, estratégias e registros dentro do campo de conhecimento psicopedagógico que, no trabalho cotidiano do psicopedagogo podem colaborar para esse aprofundamento de nossa prática. A reflexão da prática psicopedagógica à luz da perspectiva da discursividade pode prevenir posições estigmatizantes e cartesianas em relação à alfabetização, enaltecendo a constituição da subjetividade do aprendente e a convicção de sua capacidade para aprender de forma singular e autoral, com outra visão do processo de construção da língua.

Leia este artigo

Sustentabilidade: desafios da realidade para um (re)pensar na educação

Ecologia e Meio Ambiente, Formação de Professores, Vivências de Sala de Aula, Cidadania e Comportamento e Política Educacional

É importante que a escola, como espaço de construção do conhecimento, considere as propostas dos PCN para trabalhar a Educação Ambiental de maneira transdisciplinar, como oportunidade de formar pessoas que tenham preocupações com a sustentabilidade, a fim de preservar o planeta não apenas para os seres humanos, mas para todas as espécies de seres vivos.

Leia este artigo

Jornal da EJA: uma experiência e tanto...

Vivências de Sala de Aula e Língua Portuguesa e Literatura

É consenso que a heterogeneidade caracteriza o corpo discente da EJA. Mais do que nas classes de ensino regular, cada turma e cada estudante tem uma história peculiar, em razão de competências específicas, de conhecimentos prévios particulares e de experiências vivenciadas ao longo de suas trajetórias de vida e de escolarização.

Leia este artigo

Utilizando vídeos educativos para o estudo do tema furacões: uma experiência interdisciplinar envolvendo Física e Geografia

Física e Geografia

Os cursos a distância crescem anualmente e se fortalecem com um número cada vez maior de alunos que optam pela EaD. Nesse contexto, a formação do professor – um grande desafio em qualquer modalidade de ensino – se fortalece no cenário de uma escola pública, e por meio de um estágio não obrigatório. Foi nesse contexto que nasceu este projeto. Vários temas são tratados na disciplina de Geografia e um deles pode ser desenvolvido, de forma interdisciplinar, com a parceria da Física. O projeto, desenvolvido por uma graduanda do curso de Geografia (Polo Cederj Nova Friburgo), trata do tema furacões com o objetivo de ministrar uma aula interdisciplinar para alunos do 2o ano do Ensino Médio. Como recurso foram utilizados vídeos educativos, selecionados no YouTube, em uma oficina diurna ministrada a 28 alunos de ambos os sexos, entre 15 e 17 anos de idade. Após a oficina, foi aplicado um questionário com perguntas fechadas para a sondagem da percepção dos alunos quanto ao trabalho realizado. De modo geral, a avaliação foi positiva, agregando benefícios para o aprendizado dos alunos participantes. O contato da graduanda com os alunos no contexto da escola pública foi fundamental para que vivenciasse um pouco da realidade com a qual irá trabalhar em um futuro próximo.

Leia este artigo

Edição especial da revista EaD em Foco: “Contribuições da EaD em tempos de pandemia e de pós-pandemia”

Educação a Distância, Formação de Professores, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

Em função da gravidade da pandemia pelo novo coronavírus, a revista EaD em Foco está organizando um número especial, com a proposta de registrar, relatar e divulgar, em formato acadêmico, o impacto das experiências educacionais nesse momento único da sociedade moderna. Os temas das contribuições são amplos, sempre relacionados ao eixo central das contribuições da EaD em tempos de pandemia.

Leia este artigo

Edições anteriores

Edição V. 20, Ed. 23 - 23/06/2020

Políticas públicas educacionais: o papel da formação continuada no desenvolvimento da Educação Básica

Formação de Professores e Política Educacional

O artigo analisa as políticas públicas de formação de professores/as da Educação Básica destacando aquelas voltadas para a formação continuada dos profissionais da Educação, buscando observar sua legitimidade e aplicabilidade. Para tal, dialoga com vários autores, como Gatti, Nóvoa, Candau e Zeichner, entre outros. Utilizando a metodologia do relato de experiência, busca refletir acerca do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) no município de Casimiro de Abreu/RJ levado aos educadores da rede municipal.

Leia este artigo

Resenha do artigo "Educação, cultura e diversidade"

Comunicação

Esta resenha aborda o trabalho de Rosani Moreira Leitão, que analisa a educação nas tribos indígenas brasileiras e a compara com o modelo ocidental quanto a práticas, situações, valores e saberes transmitidos. Com ele é possível entender a relação entre a dita civilização e a cultura indígena, que se esforça para resistir à dominação.

Leia este artigo

O uso de jogos no ensino e suas aplicações práticas

História, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

O objetivo deste artigo é demonstrar a eficácia e a utilidade do uso de jogos em sala de aula como alternativa pedagógica. Incentiva os docentes a desenvolver estratégias na seleção de conteúdos visando à aplicação em sala de aula na disciplina de História, mas com aplicabilidade em outras disciplinas. Visa também ao incentivo da pesquisa histórica com desenvolvimento de métodos para a aplicação dessa pesquisa com o intuito de acompanhar o progresso da aplicação das metodologias; dessa forma, direciona a pesquisa a fim de que o aluno possa desenvolver métodos de pesquisa, ajudando assim na compreensão. Mostra também na prática o planejamento para a aplicação do jogo em uma turma do 1º ano do Ensino Médio.

Leia este artigo

Análise crítica sobre a proposta curricular para o 6º ano do Ensino Fundamental do Estado do Rio de Janeiro

Geografia e Avaliação

Discutir a educação e suas práticas é uma excelente forma de conhecer a profissão que tanto nos é importante. O presente artigo visa uma análise das habilidades e competências presentes no Currículo Mínimo do 6º ano do Ensino Fundamental e como são, se é que são, colocadas em práticas na escola pública, por meio de estudo no Colégio Estadual Antônio Pecly. Para tal, foi realizado trabalho de campo com o auxilio de um professor da escola que é responsável por aquela série escolar, além de pesquisa minuciosa no documento do Currículo Mínimo do Estado do Rio de Janeiro. Consta também uma análise sobre a transposição didática e sua participação no Currículo Mínimo de Geografia para aquela série, bem como sua utilização pelos professores da rede pública.

Leia este artigo

O ensino de Zoologia e a confecção de uma coleção zoológica didática

Zoologia e Biologia e Biociências

As coleções didáticas possuem a finalidade de aproximar o aluno de seu objeto de estudo, auxiliando no processo de construção do conhecimento. Porém o ensino de Ciências Biológicas ainda se configura muito expositivo e limitado em suas abordagens, o que dificulta essa interação. Atualmente, diversas metodologias alternativas são propostas para reconfigurar o atual estado desse ensino, e as coleções didáticas vêm demonstrando bons resultados nesse processo. Este artigo relata uma experiência ocorrida em uma escola pública do interior do Estado de Minas Gerais, onde fora proposto aos alunos a confecção de uma pequena coleção didática de artrópodes em via úmida, com a finalidade de ficar disponível para a comunidade escolar.

Leia este artigo

Edição V. 20, Ed. 22 - 16/06/2020

Determinantes da evasão dos alunos do curso técnico subsequente

Avaliação, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

O objetivo do presente trabalho foi analisar alguns fatores determinantes da evasão dos alunos do curso técnico subsequente em Edificações do IFMG - câmpus Congonhas. Dentre os autores pesquisados para perspectiva teórica, destacam-se Veloso e Almeida (2001), Bueno (1993) e Espínola (2010). O estudo foi realizado via revisão bibliográfica e estudo empírico com o preenchimento de formulário aplicado a todos os alunos dos quatro módulos do curso, totalizando 100 alunos matriculados. De acordo com os resultados do estudo, foi possível constatar que são muitos os fatores de abandono do curso, mas alguns deles têm maior representatividade, como dificuldade em conciliar trabalho e estudo. Há também fatores que, segundo a pesquisa, influenciam em pequena parte dos discentes, como distância da família.

Leia este artigo

Educação Ambiental, turismo pedagógico e iniciação científica

Ecologia e Meio Ambiente, Biologia e Biociências, Química, Geografia, Avaliação, Vivências de Sala de Aula, Espaços Urbanos e Política Educacional

As atividades de campo constituem importante estratégia para o ensino de Ciências. Nesse sentido, alinham-se os aspectos educacionais à aprendizagem significativa. O objetivo deste trabalho é melhorar as atividades de ensino-aprendizagem realizando atividades práticas ligadas à Educação Ambiental e reconhecimento do espaço geográfico. A atividade envolveu turmas do Ensino Médio responsáveis por descrever as atividades realizadas, resumir as percepções obtidas, realizar coleta de água, analisar as amostras e montar um artigo e apresentá-lo em modelo acadêmico. Utilizou-se o alfakit para a reação colorimétrica e contagem de coliformes fecais. Os resultados demonstraram que foram poucas as diferenças nas amostras, porém a Praia dos Anjos apresentou maiores quantidades de coliformes fecais. No que tange à construção dos artigos, estes se mostraram insuficientes. As conclusões apontam que a grande dificuldade foi a falta de prática com esse tipo de trabalho e a falta de ferramentas para a construção, como acesso a computadores.

Leia este artigo

A educação sob reflexões do projeto político-pedagógico no ambiente escolar

Formação de Professores, Instituição Escola e Vivências de Sala de Aula

Em tempos pretéritos, atuais e futuros, os temas relacionados à Educação, seja no ambiente familiar ou escolar, sempre foram e serão um desafio, pois envolve leis, direitos, deveres e seres humanos que estão em constante mudança. Afinal, o que se entende por Educação? É apenas um dever da família ou da escola? Quem tem direito? Questionamentos como esses podem direcionar a Educação. Na Constituição Brasileira estão promulgadas algumas leis que a norteiam, como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB nº 9.394/96). São necessárias algumas propostas que proporcionem o diálogo nas escolas, como o projeto político-pedagógico, um documento elaborado acerca do debate de professores e gestores a fim de construir uma educação real e de direito de todos. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi apontar reflexões da Educação a luz da legislação brasileira.

Leia este artigo

Reflexões acerca da naturalização do uso escolar da prática do "para casa"

Educação Infantil, Instituição Escola e Vivências de Sala de Aula

Procuramos apresentar os resultados de pesquisa qualitativa realizada em uma escola municipal de Belo Horizonte/MG cujo objetivo era investigar com que perspectiva seus educadores adotavam a prática do Para Casa no cotidiano escolar. Analisamos, indiretamente, se há diferenças, segundo os sujeitos da pesquisa, nas formas de uso do PC na EI e no EFI. Com base nesse propósito, apresentamos o lugar que o PC vem ocupando no processo de ensino-aprendizagem e se o seu uso no ambiente escolar tem se revelado eficaz. Para tanto, relacionamos o PC a métodos e técnicas utilizados na construção de atividades que objetivam o desenvolvimento escolar do educando e que servem de instrumento pedagógico aos educadores.

Leia este artigo

Jogos didáticos e o ensino de Química: elementos comuns para a formação da cidadania

Química e Vivências de Sala de Aula

Na experiência relatada aqui, foi possível perceber que os jogos didáticos contribuem para a aprendizagem dos alunos, podendo ser usados, com adaptações, pelo/a professor/a de Química que opta por utilizar esta ferramenta de ensino em aulas da Educação Básica.

Leia este artigo

Bate papo sobre o ensino de História

Clique na imagem para ver a programação:

Live no canal Youtube LAPEHIS UFVJM: bit.ly/3h3aBXF

Filosofia e Pandemia: o mundo pós-isolamento social

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

COVID-19

Coronavírus: O que você precisa saber e fazer

coronavirus.saude.gov.br.

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco