Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Farmácia; Nutrição e Alimentos; Saúde
Limpar filtros
Contaminantes emergentes na água
Saúde, Biologia e Biociências, Química, Formação de Professores e Vivências de Sala de Aula

Este artigo foi fruto do trabalho de quatorze professores inscritos no curso online Sustentabilidade no Contexto da Química, oferecido pela Diretoria de Extensão da Fundação Cecierj em 2012. Um dos tópicos tratou de contaminantes emergentes na água. O trabalho realizado pela professora mediadora resultou na edição deste artigo, cujas informações podem ser veiculadas por professores de Química, Engenharia Química e Ciências em suas aulas; cada tópico pode ser ponto der partida para aprofundamento sobre velhos e novos contaminantes.

Gincana como estratégia de ensino-aprendizagem sobre vírus no ensino de Ciências
Saúde e Biologia e Biociências

O objetivo do presente estudo foi desenvolver uma gincana com vistas à revisão dos assuntos relacionados ao estudo dos vírus, de forma a instigar a participação efetiva dos alunos durante todo o processo de ensino-aprendizagem. A gincana foi aplicada em uma turma do 9º ano em que os alunos, divididos em grupos, foram desafiados a cumprir quatro etapas com somatório de pontos e objetivos diferentes. Os resultados obtidos sugerem que o jogo didático, como ferramenta metodológica de ensino, é eficiente para promover uma aprendizagem significativa, podendo se estabelecer como material de apoio durante as aulas de Ciências, intencionando melhor compreensão do assunto proposto.

Educação em Saúde sobre parasitoses intestinais com escolares dos anos iniciais do Ensino Fundamental: um relato de experiência
Saúde e Biologia e Biociências

Este estudo relata a experiência vivenciada em um projeto de extensão com ênfase em parasitoses intestinais, com escolares dos anos iniciais do Ensino Fundamental. As ações abordaram a vivência do projeto intitulado Parasitologia em Foco e ocorreram em duas escolas municipais de Pernambuco, por meio da encenação da peça “Jeca Tatu”, de Monteiro Lobato. O projeto possibilitou a interação com essas crianças, que muitas vezes não têm a oportunidade de obter informações, haja vista que os professores têm sobrecarga de demandas. Ações como estas precisam ser permanentes para o conhecimento das informações propagadas.

Concepções dos professores de Educação Física relacionadas à formação continuada e às novas tecnologias
Saúde, Computação e Tecnologias, Comunicação, Educação a Distância, Formação de Professores e Instituição Escola

Este artigo objetiva analisar as percepções que professores e professoras de Educação Física têm a respeito da formação continuada a partir de suas narrativas. O estudo se caracterizou por uma pesquisa de cunho qualitativo composta de pesquisa bibliográfica por meio de uma entrevista a professores de Educação Física no período de atividade remota. Os dados da pesquisa foram analisados com a técnica de conteúdo bibliográfico relacionado às palavras-chave do estudo: Formação continuada, Professores, Recursos tecnológicos e Prática pedagógica. A formação continuada vai além dos cursos e palestras que visam à capacitação docente, incluindo reuniões, encontros e eventos dentro da escola.

A gestão escolar como instrumento de prevenção da síndrome de Burnout entre educadores
Saúde, Psicologia, Formação de Professores, Instituição Escola e Política Educacional

Dentre as muitas e diversificadas atribuições de um diretor escolar está a responsabilidade de gerenciar pessoas. Professores, escriturários da secretaria, merendeiras, funcionários da limpeza, inspetores e zeladores são seres humanos que desempenham diferentes tarefas dentro de uma unidade escolar. Conduzir indivíduos de formações, perfis e personalidades variados de modo a formar um todo, funcionando em sintonia, não é um encargo trivial. O presente artigo oferece informações sobre a atribuição profissional de gerir pessoas.

Possibilidades e tensões da tecnologia no ensino do aluno autista
Saúde, Comunicação, Psicologia, Sociologia, Avaliação, Educação Especial e Inclusiva, Formação de Professores, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

O presente artigo aborda o uso e as possibilidades da tecnologia no Ensino Básico para os alunos autistas, com ênfase no papel do profissional da sala de aula regular como agente motivador da construção do conhecimento de seus alunos especiais. A pesquisa é bibliográfica. Para tanto, apoiamo-nos nos estudos de Albuquerque, Carvalho, Kanner, Klin, Kubaski, Mantoan, Schmidt, na legislação brasileira e na Declaração de Salamanca. Ao analisarmos o uso e as possibilidades da tecnologia no Ensino Básico para os alunos autistas, ratificamos a importância da atuação do professor, no que diz respeito à realização de atividades adaptadas.

Os impactos da docência na saúde física e mental dos profissionais da Educação Básica no cenário pós-pandêmico
Saúde

Esta pesquisa objetivou mensurar os impactos da covid-19 na saúde física e mental dos profissionais da Educação Básica. A pesquisa foi realizada no município de Valparaíso/GO. A intenção é perceber quais fatores mais afetaram a saúde do profissional, refletindo-se tanto no físico como no emocional diante do isolamento e do distanciamento social. Para a realização do estudo, foi adotado o método quali-quantitativo, por meio de uma pesquisa exploratória. Foi aplicado um questionário com doze questões a um contingente amostral de 691 profissionais, abordando temas sobre a saúde antes e depois de ingressarem na docência.

Relato de caso: acolhimento de criança autista e sua mediadora no Infantil II do CEI São Gabriel
Ecologia e Meio Ambiente, Saúde, Educação Especial e Inclusiva, Educação Infantil e Vivências de Sala de Aula

O presente estudo acompanhou a chegada de uma criança com TEA e sua mediadora a um Centro Educacional Infantil (CEI) da cidade de Fortaleza em 2017. A mediação de crianças com TEA consiste em criar uma ponte entre o aluno e o professor facilitando o processo de aprendizagem e evitando atraso no ensino. Por intermédio de um acompanhamento no CEI São Gabriel foi possível detectar a inclusão do aluno A. H. F. N., sem prejuízos para ele ou para outros alunos. A pesquisa traz uma abordagem qualitativa descritiva, caracterizada como estudo de caso, no âmbito da Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Aspectos psicomotores e desenvolvimento infantil
Saúde, Educação Infantil e Política Educacional

A Psicomotricidade é toda a ação realizada pelo indivíduo que representa as suas necessidades e permite a sua relação com os demais. Na Educação Infantil, a educação psicomotora possui papel relevante na prevenção das dificuldades escolares. Este estudo objetivou pontuar as contribuições dos aspectos psicomotores para o desenvolvimento infantil. Para tanto, contou com a participação de uma menina de cinco anos da cidade de João Pessoa/PB. Utilizou-se uma bateria psicomotora como protocolo de observação; os dados foram analisados de acordo com a frequência de erros e acertos dos itens contidos no protocolo de observação.

O uso das redes sociais para a sensibilização dos alunos sobre as violências sofridas pelos professores
Saúde, Comunicação, Política Cultural e Política Educacional

Atualmente, a violência é um dos principais problemas da sociedade. Ela é encontrada em todas as classes sociais, refletindo ainda na vida escolar, de forma a interferir diretamente na saúde de alunos e professores, que convivem frequentemente com agressões, ameaças e abusos. Consequentemente, impacta no processo de ensino-aprendizagem e no cotidiano da escola. Há vários fatores que contribuem para o crescimento dessa violência, como a falta de estrutura familiar, vulnerabilidade, falta de tolerância com o próximo e a facilidade de acesso as drogas. Todos esses fatores prejudicam o bem-estar, a integridade física, psicológica ou a liberdade e o direito ao desenvolvimento das pessoas.