Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Antropologia; Arqueologia; Comunicação; Direito; Economia; Filosofia; Geografia; História; Psicologia; Sociologia; Teologia
Limpar filtros
Qualificação do trabalho e políticas públicas de potencialização humana
Direito, História da Educação e Política Educacional

Este artigo busca trazer os ordenamentos, decretos e as políticas públicas do Estado brasileiro que objetivam a propugnar o Ensino Profissional integralizado e técnico para o estudante e para o trabalhador no mutável e histórico mercado de trabalho, além de análises críticas e técnicas sobre a sua efetividade e sua progressão até os dias atuais. Acrescentem-se a isso reflexões e apontamentos das novas tecnologias que surgem via Indústria 4.0, trazendo a necessidade urgente da qualificação do trabalho humano, como forma de garantir sua sobrevivência e sua cidadania.

A pandemia e o ensino de Ciências Sociais: Uma experiência de implementação das atividades remotas da disciplina de Sociologia em uma escola pública do interior baiano
Sociologia e Instituição Escola

A pandemia desencadeada pela covid-19 evidenciou as desigualdades que estruturam as relações sociais no Brasil. Sem preparo prévio, professores e estudantes foram obrigados a se adaptar a uma nova realidade educacional. Este artigo parte desse contexto e visa analisar uma experiência de implementação de atividades remotas emergenciais em Sociologia nas turmas de Ensino Médio de uma escola pública do interior baiano. As análises concluíram que as metodologias remotas foram ineficazes para atender as demandas estudantis e apontaram para a necessidade de as Ciências Sociais publicizarem suas metodologias investigativas para serem reconhecidas como área fundamental para compreender fenômenos sociais como a pandemia.

Interdisciplinaridade na prática: uma possibilidade de ensino e aprendizagem baseada em novos letramentos
História, Sociologia, Cinema, Teatro e TV, Língua Estrangeira e Língua Portuguesa e Literatura

Este artigo busca descrever a experiência de uma intervenção pedagógica interdisciplinar desenvolvida no Cefet/MG - Câmpus Leopoldina, com alunos do segundo e terceiro ano de Ensino Médio dos cursos técnicos integrados. Para desenvolvê-lo, utilizou-se a série "When they see us" ("Olhos que Condenam") nas aulas de Língua Portuguesa, Sociologia, História e Língua Inglesa, a fim de possibilitar o processo de ensino-aprendizagem de forma interdisciplinar. Por meio dessa intervenção, busca-se analisar como o uso da série potencializou a ampliação do conhecimento e viabilizou a articulação entre as disciplinas, evidenciando a importância da interdisciplinaridade como ponte para o desenvolvimento do pensamento crítico e melhor entendimento dos conteúdos.

A pandemia da covid-19 e os desafios de avaliar a aprendizagem
Filosofia, Psicologia, Sociologia, Avaliação, Educação a Distância, Formação de Professores e Instituição Escola

Este artigo apresenta análises sobre o processo de avaliação no contexto da globalização e da recente pandemia. É uma pesquisa com reflexão teórica que visa esclarecer as diferenças entre exame e avaliação, bem como as implicações cognitivas, socioemocionais e ideológicas da avaliação. A pandemia da covid-19 lançou o corpo docente e os alunos abruptamente em um ensino remoto e isso gerou problemas adaptativos que são analisados à luz de pressupostos teóricos da Pedagogia, da Psicologia, da Sociologia e da Filosofia.

O autoconceito e a autoestima em estudantes da rede pública de ensino
Psicologia e Vivências de Sala de Aula

O objetivo desta pesquisa foi avaliar duas variáveis psicológicas presentes no processo de ensino-aprendizagem: o autoconceito e a autoestima. Foram convidados alunos de Ensino Fundamental II de uma escola da rede pública estadual do Paraná. As variáveis foram mensuradas utilizando duas escalas psicométricas: a Escala de Autoconceito Infantojuvenil e a Escala de Autoestima de Rosenberg. As escalas foram respondidas remotamente por meio de formulário online da plataforma Google que incluía questões sobre gênero, série e desempenho acadêmico. Espera-se que esta pesquisa traga atenção para variáveis psicológicas que podem influenciar o aprendizado.

Milton Santos e o atual estado de coisas: reflexões em tempos pandêmicos
Geografia

Este capítulo pandêmico da nossa história fatídica não é um ponto fora da curva. Ele reforça a confusão que a globalização tornou possível entre as escalas e submete ainda mais a Natureza à fragmentação das imagens, aos discursos superficiais da funcionalidade comunicativa. A globalização perversa, como ensina Milton Santos, subverte escalas e nos aparta ainda mais da Natureza. A ciência, hiperespecializada, tornou-se cega a fenômenos complexos. A pandemia, sem contexto, reduz-se a espetáculo.

Importância da Supervisão Escolar na inclusão de pessoas surdas no ambiente escolar
Antropologia, Educação Especial e Inclusiva e Política Educacional

O presente artigo tem como objetivo descrever a importância da supervisão escolar no processo de inclusão de alunos surdos. Acredita-se que hoje a escola deve ter profissionais comprometidos em atender e promover a diversidade na escola, respeitando as singularidades e empenhando-se pela inclusão de alunos com deficiência. Este trabalho foi realizado com base em revisão bibliográfica, com o propósito de elucidar o quanto o papel do supervisor escolar é de importância para uma real inclusão escolar do aluno surdo, tendo em vista que, em muitos casos, esse é o primeiro local onde a criança surda tem contato com a Libras.

A História e a Literatura Infantojuvenil, aportes de uma educação das relações étnico-raciais
Filosofia, História e Vivências de Sala de Aula

O debate étnico-racial pode e deve ser introduzido no primeiro segmento do Ensino Fundamental, de forma que os alunos tenham a possibilidade de sensibilizar seus olhares, debater o tema e conhecer um pouco mais sobre a cultura africana e afrodiaspórica, cuja influência se faz presente em diversos campos de nossa sociedade e no mundo, para que assim possam ter maior conhecimento sobre esse aporte social, de forma a contribuir com sua formação intelectual e social, para que eles não venham a ser meros reprodutores de falácias coloniais e que reverberem esse conhecimento decolonial.

O turismo rural e o uso de fotografia como recurso didático no ensino de Geografia
Geografia e Fotografia

Este relato de experiência e prática se deu no município de Vassouras/RJ com uma turma de 7º ano do Ensino Fundamental composta de 25 alunos do Colégio dos Santos Anjos, da rede privada do município. O objetivo foi realizar turismo rural a pé pelos espaços do município, em que, com a ajuda da fotografia, foi possível que houvesse, por parte dos alunos, a percepção desses espaços e suas transformações ao longo do tempo e a valorização da indústria do turismo como impulsionadora da economia da região, que se notabilizou pela cafeicultura durante o Império.

Fracasso escolar e desigualdade social: uma perspectiva crítica e emancipatória
Psicologia, Instituição Escola e Política Educacional

O presente trabalho pretende apresentar uma revisão bibliográfica acerca das desigualdades sociais e como elas atravessam o contexto da Educação, promovendo o fenômeno do fracasso escolar, partindo da ideia de que a escola é uma expressão da sociedade; portanto, as desigualdades predominantes na sociedade, em virtude do capitalismo, são refletidas também nos espaços escolares, promovendo a exclusão de determinados alunos e assumindo a conceituação de fracasso escolar. Nosso objetivo é trazer uma perspectiva crítica sobre as desigualdades sociais e alguns de seus desdobramentos na realidade educacional, resultando no fracasso escolar dos filhos das classes mais pobres.