Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Antropologia; Arqueologia; Comunicação; Direito; Economia; Filosofia; Geografia; História; Psicologia; Sociologia; Teologia
Limpar filtros
Afetividade, alfabetização e pandemia: percepções docentes sobre o vínculo escolar durante a pandemia de covid-19
Psicologia e Instituição Escola

Este artigo apresenta uma reflexão acerca da pandemia da covid-19 e seus impactos na aprendizagem na perspectiva de professores alfabetizadores. O objetivo desta pesquisa é abordar os reflexos da pandemia no processo de ensino-aprendizagem nos primeiros anos do Ensino Fundamental, levando em consideração as concepções docentes frente às percepções das mudanças e nuances no vínculo afetivo e na dinâmica escolar ocasionadas pelo período pandêmico. Para tal, foi utilizada pesquisa exploratória, com revisão bibliográfica e entrevista a docentes atuantes no ciclo de alfabetização. De acordo com a pesquisa, afetividade e emoções estão ligadas aos processos de ensino e de aprendizagem.

A EJA e a política de cotas para seus egressos
Antropologia, Comunicação, Filosofia, História, Sociologia, História da Educação, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

O presente trabalho apresenta uma pesquisa bibliográfica sobre as políticas de cotas para egressos da EJA, como política pública de acesso ao Ensino Superior, devido ao fato de a demanda das camadas populares ao Ensino Superior ter se ampliado e o debate, dentro e fora do ambiente acadêmico, também, provocando os governos federal e estadual a promoverem programas de incentivo com este propósito. Para os egressos da EJA, essas políticas são de extrema importância, pois oferecem a esse público a oportunidade de entrada na universidade, embora não garantam a sua permanência.

Utilizando jogos para ensinar Matemática
Matemática, Geografia, História, Vivências de Sala de Aula e Língua Estrangeira

Este trabalho apresenta jogos matemáticos como forma alternativa para tornar o ensino da Matemática mais prazeroso, aumentando assim a motivação e o interesse pela Matemática. A utilização de jogos promove uma aprendizagem mais significativa, estimulando o cálculo mental, a dedução de estratégias, o domínio das operações fundamentais, a construção de conceitos e o desenvolvimento do raciocínio lógico. Os jogos têm boa aplicabilidade e podem ser utilizados como parâmetro inicial para o emprego de jogos nas aulas.

Relato de experiência sobre os benefícios da audiodescrição das imagens do livro didático
Comunicação, Educação Especial e Inclusiva, Educação Infantil, Formação de Professores e Vivências de Sala de Aula

A audiodescrição vem ganhando espaços e vencendo as barreiras impostas para fazer cumprir sua obrigatoriedade nos meios de comunicação e na sociedade em geral. Este estudo aborda sua importância como recurso pedagógico ao tratar imagens do livro didático, trazendo benefícios para o processo de ensino-aprendizagem de crianças com deficiência visual e baixa visão, criando igualdade de oportunidades culturais e educacionais. A justificativa para o desenvolvimento deste trabalho decorre da minha práxis em sala de recursos multifuncionais, no atendimento educacional especializado de uma escola municipal de São Gonçalo/RJ. O objetivo é demonstrar a importância da audiodescrição para a formação docente.

Educação de surdos no Brasil: atendimento educacional especializado para pessoas com surdez na Educação Escolar Indígena
Antropologia, Comunicação, História, Educação Especial e Inclusiva, Outras Mais Específicas e Política Educacional

O presente trabalho é um excerto da monografia de conclusão do Curso de Especialização em Língua Brasileira de Sinais ofertada pela Universidade Candido Mendes sob o título “Línguas Indígenas no Brasil: Ka'apor, a outra língua de sinais brasileira”; tem como objetivo proporcionar maior compreensão aos leitores, estudantes, professores, pesquisadores e pessoas que têm interesse pelos estudos sobre a surdez e povos indígenas, com conhecimento a respeito da história da Educação de surdos no Brasil e, por conseguinte, sobre o atendimento educacional especializado (AEE) ofertado nas escolas regulares e voltado para a população indígena surda.

Museu do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro: experiências de Educação não formal e mediação museal no projeto Bombeirinhos
História, Formação de Professores, História da Educação e Vivências de Sala de Aula

O presente artigo é um estudo que aborda uma discussão entre Educação não formal em diálogo com a Educação Museal pela mediação museal, contextualizado nas experiências do projeto Bombeirinhos, realizado no Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro e em seu museu, em parceria com organizações não governamentais (ONGs) e coletivos sociais do estado, levando crianças e adolescentes a vivenciar a rotina desses profissionais, visitar o prédio histórico e o museu da corporação, além de receber conhecimentos básicos da profissão.

O comportamento moral das crianças
Psicologia

A moralidade é determinada pelas regras e normas de conduta que são estabelecidas pela cultura e internalizadas pelo indivíduo. Jean Piaget e Lawrence Kohlberg são as figuras mais influentes no campo das pesquisas sobre a formação da moralidade. Kohlberg definiu os níveis e estágios de desenvolvimento moral a partir das ideias do desenvolvimento cognitivo de Piaget. Este artigo objetiva discutir os conceitos de moralidade, os níveis e estágios de desenvolvimento moral e o impacto que essa formação moral tem sobre as tomadas de decisão das crianças, assim como o viés de grupo. Tal temática é de extrema importância, pois o comportamento moral é de grande preocupação para a sociedade, pais, professores e outros que lidam com crianças diariamente.

A Sociologia no Ensino Médio: uma análise histórica de suas idas e vindas no currículo escolar brasileiro
Sociologia

A disciplina de Sociologia passou por momentos turbulentos de idas e vindas no currículo escolar brasileiro, o que está atrelado a contextos sociais diversos e concepções políticas e ideológicas. Diante disso, por meio do emprego do método de investigação hermenêutico e da análise bibliográfica e documental, procuramos mostrar os momentos de inserção e exclusão da disciplina no currículo escolar do Ensino Médio. Os resultados apontam que a disciplina esteve presente no currículo em governos ditos de esquerda e foi suprimida do currículo em governos caracterizados como de direita.

O impacto da aprendizagem humanística na adesão de alunos em escolas nas comunidades de baixa renda da cidade do Rio de Janeiro
Psicologia e Vivências de Sala de Aula

Este estudo tem como objetivo geral analisar o impacto da aprendizagem humanística na adesão de alunos em escolas municipais nas comunidades de baixa renda da cidade do Rio de Janeiro. A metodologia privilegiou a revisão de literatura, do tipo bibliográfica. Foram utilizadas plataformas de pesquisas acadêmicas como SciELO e outras, a biblioteca virtual e física da Universidade Estácio de Sá, além de dados publicados por instituições públicas como o IBGE e o Tribunal de Contas do Rio de Janeiro. A elegibilidade deste estudo contemplou as seleções de pesquisas de livros e artigos entre 1972 a 2021 que analisam a aprendizagem humanística.

Feminino som, luz e singularidade: o voltar para casa, colher poemas
Comunicação, Filosofia, História, Sociologia, Cidadania e Comportamento e Língua Portuguesa e Literatura

A poesia, ou texto lírico, é uma das sete artes tradicionais, em que a linguagem humana é utilizada com fins estéticos ou críticos, ou seja, ela retrata uma mensagem. Nestes 10 poemas, Marcelo Calderari Miguel traça diversos perfis femininos. Lutadoras, conhecidas, anônimas, mitológicas, mães, instigadoras, artistas... Sempre provocando o melhor em cada pessoa, relembrando mulheres religiosas ou referências na literatura, em vários estilos e com cuidados visuais, são trabalhos que privilegiam a liberdade feminina, seu valor e sua importância na sociedade.