Este trabalho foi recuperado de uma versão anterior da revista Educação Pública. Por isso, talvez você encontre nele algum problema de formatação ou links defeituosos. Se for o caso, por favor, escreva para nosso email (educacaopublica@cecierj.edu.br) para providenciarmos o reparo.

Observatório da Educação

Mariana Cruz

Observando e discutindo a educação

Imagem da página inicial do site
http://www.observatoriodaeducacao.org.br

O site Observatório da Educação foi criado pela Ação Educativa com o objetivo disseminar informações, expor diferentes pontos de vista e incentivar debates sobre políticas educacionais. Para tanto, o site realiza diversos debates públicos sobre temas educacionais da atualidade, estimulando, assim, a pluralidade de opiniões tanto de pesquisados quanto de representantes da sociedade civil.

À esquerda da página inicial está uma coluna com as diversas seções do site. A primeira delas, Sugestões de Pautas, tem como fonte professores das redes públicas, organizações da sociedade civil, pesquisadores e operadores do sistema de Justiça. Lá estão artigos, textos e entrevistas escritos em cima das sugestões que o Observatório da Educação envia periodicamente aos seus interlocutores. Temas atuais e polêmicos, como o livro infantil criticado por pesquisadores; a pressão para tornar público o Plano Nacional de Educação (PNE) e uma entrevista com um professor chileno analisando a mobilização pela educação pública são apenas uma amostra do que se vê por lá.

Em Ação da Mídia encontramos ampla cobertura sobre educação. São pesquisados mais de setenta jornais e diversas revistas de todo o país, o que torna esse espaço propício para denúncia e discussão de temas relacionados à educação, tais como a escassez de recursos e a falta de controle social na educação; a falta de cobrança dos jornais aos candidatos sobre propostas detalhadas sobre educação; o fato de os meios de comunicação pautarem desigualdades na educação como causa – e não como consequência – das desigualdades sociais; e o despreparo das redes de ensino para receber estudantes e professores na volta às aulas, entre outros.

As Entrevistas trazem a visão de profissionais da educação, estudantes, mães, pais, pesquisadores, gestores e representantes da sociedade civil sobre educação.
Na seção Artigos estão textos de autoria de pesquisados e professores. Logo em seguida estão as Publicações do site, como Desafios da Conjuntura; Ebulição; emQuestão. Nos Bancos de Fontes de educação encontramos contatos de pesquisadores de diversas universidades e instituições de pesquisa brasileiras. Para facilitar a busca, há como filtrar por categoria e, assim, achar a pessoa pelo nome, cargo e/ou palavras-chave.

Na seção seguinte, Saiba Mais, podem ser encontrados livros, teses e dissertações, artigos, páginas eletrônicas e outras indicações de referência para iniciar ou aprofundar as pesquisas pedagógicas. O Observatório da Educação também produz diversos arquivos em áudio e vídeo com temas instigantes como, por exemplo, um debate sobre direitos autorais e uma entrevista com o professor emérito da Unicamp Dermeval Saviani.

Na seção Fala Educador! Fala Educadora estão os artigos publicados a partir da campanha homônima que reuniu professores de rede pública para debater formas de inserção das suas posições, ideias e pensamentos sobre seu ofício e o cotidiano escolar.

Além de todas essas seções, na direita dessa mesma página encontramos outros temas que trazem diversos textos e discussões: Ofício Docente; EJA e Educação nas Prisões; PDE (Plano de Desenvolvimento da Educação); Ensino Médio e Controle Social.

O Observatório da Educação é um site atual e polêmico que busca debater com fundamento aquelas questões relacionadas à educação que, muitas vezes, não são trazidas à tona pela grande mídia. A dica é conferir e, principalmente, participar.

Publicado em 06/12/2011

Publicado em 06 de dezembro de 2011