Este trabalho foi recuperado de uma versão anterior da revista Educação Pública. Por isso, talvez você encontre nele algum problema de formatação ou links defeituosos. Se for o caso, por favor, escreva para nosso email (educacaopublica@cecierj.edu.br) para providenciarmos o reparo.

A graça da Química

Mariana Cruz

Um site de Química cheio de graça

Imagem da página inicial do site
http://www.agracadaquimica.com.br

Depois de uma navegada no site A Graça da Química fiquei até com vontade de estudar esse assunto – coisa que nunca havia me passado pela cabeça. O site é bastante interessante, pois, além de simplificar as complexas teorias da Química, mostra como a disciplina está presente em nosso dia a dia. Afinal, é no mínimo curioso um lugar onde se pode ter uma aula sobre cinética radioativa e aprender sobre o melhor modo de conservar berinjelas (cuja explicação é totalmente baseada na Química).

O site tem muitas seções, e cada uma com vários tópicos. Na Área legal, encontramos diversas dicas para o vestibular: uma explicação sobre a profissão de químico, os erros que os vestibulandos não podem cometer, técnicas de estudar e os 10 mandamentos do vestibulando, entre outros. A seção Inutilidades úteis traz diversos temas de interesse para quem curte Química, como “Habilidade esperadas de um professor de Química”; “A origem do nome litro”; “Os 10 cientistas mais importantes de todos os tempos”. Outro ponto forte do site são as simulações animadas, como a da acidez no estômago, que conta a história de uma menina que sente tal incômodo e vai ao médico com sua mãe. Lá, a mãe o enche de perguntas e ele dá uma explicação bem didática sobre o problema da menina. Com as imagens mostradas e a história relatando uma situação do cotidiano, fica bem fácil de entender. Azia é química pura. Algumas das simulações necessitam da participação constante do internauta, como a do detergente. Nela, uma menina mancha sua blusa de gordura e, ao procurar o detergente, depara-se com quatro vasilhames não identificados. Para saber em qual deles está o produto que procura, é mostrado o composto químico de cada um. Cabe a nós descobrir em qual está o detergente.

Nos Vídeos podemos ver um filme sobre o acidente radiológico com o Césio-137 em Goiânia. O relato de quem estava lá, de quem teve pessoas próximas mortas e isoladas por terem tido contato com o césio e o preconceito que durante anos os moradores de lá tiveram de suportar. Vale a pena assistir. Outros documentários interessantes disponíveis no site são: “Grandes descobertas da Química”; “Mudanças ambientais globais”; “A descoberta dos elementos”. Com esses filmes podemos perceber nitidamente a ligação da Química com diversas áreas, como Biologia, Matemática e Física.

Na seção Utilitários encontramos apostilas, downloads (para fazê-los precisa cadastrar-se no site), aulas com exercícios e os gabaritos, além de uma breve explicação sobre as divisões da Química, como Química Orgânica, Química Inorgânica e Físico-Química, entre outras.

Desse modo é que, ao ler o “objetivo do site”, não resta dúvida de que foi alcançado. Ele visa a ser uma ferramenta de ensino, informação e descontração para os alunos que curtem e que não curtem Química. Outro fator que facilita o entendimento de tão complexa disciplina são as ilustrações e demonstrações em PowerPoint que acompanham as aulas, fazendo com que muitas delas sejam interativas. O adjetivo “graça” atrelado ao nome do site, não é, digamos assim, gratuito. Muitas situações mostradas nas animações são bem-humoradas, emprestando uma leveza – graça – ao estudo de Química.

Publicado em 29 de janeiro de 2013

Publicado em 29 de janeiro de 2013