Este trabalho foi recuperado de uma versão anterior da revista Educação Pública. Por isso, talvez você encontre nele algum problema de formatação ou links defeituosos. Se for o caso, por favor, escreva para nosso email (educacaopublica@cecierj.edu.br) para providenciarmos o reparo.

Ibase

Mariana Cruz

30 anos de luta por um país mais justo

Imagem da página inicial do site
http://www.ibase.br

O site do Ibase está de cara nova. Para quem não sabe, o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase) é uma organização da sociedade civil fundada em 1981 por, entre outros, o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, e tem como objetivo maior a afirmação de uma cidadania ativa.

Quem deseja conhecer melhor o Ibase é só dar um clique em Nossa História. Lá estão três tópicos: Linha do tempo; Betinho e Ações históricas. No primeiro deles há uma detalhada relação de fatos acompanhados de pequenos textos e fotografias que fazem entender a importância da missão do Ibase. A timeline começa em 1979, com a volta de Betinho, “o irmão do Henfil”, ao Brasil depois de oito anos de exílio. Dois anos depois foi fundado o Ibase. Ao seguir essa viagem histórica, podemos ver diversas ações do instituto que remontam a importantes momentos das últimas três décadas da história do Brasil. Em 1990 está a organização – em conjunto com outras instituições – do evento “Terra e democracia”, que reuniu no Aterro do Flamengo cerca de 200 mil pessoas para denunciar a situação de violência no campo e chamar a atenção para a ocupação urbana desordenada; em 1991 ocorreu o lançamento do projeto “Se essa rua fosse minha”, que chamava a atenção para o problema das crianças de rua no Rio de Janeiro; em 1992, aconteceu a Eco-92, que contou com a participação ativa do Ibase; em 1993, Betinho lançou a campanha “Ação da cidadania contra a fome”, que se tornou uma das maiores mobilizações sociais da história do Brasil e transformou o sociólogo em símbolo da cidadania no Brasil; em 2001 aconteceu o I Fórum Social Mundial – evento para cuja criação o Ibase teve importante papel. Além dessas ações, estão lá muitas outras iniciativas de cunho social.

Para ficar por dentro sobre a forma como o Ibase se organiza, basta clicar em Núcleos e ver como funciona cada um dos sete núcleos em que se divide a instituição.

A principal novidade neste site está situada à direita da página inicial, onde há um link para o Canal Ibase. É um espaço que contém notícias atuais sobre acontecimentos de cunho social, movimentos populares e manifestações no Brasil e no mundo; esse canal ganhou dinamismo, a fim de levar aos visitantes um conjunto maior e mais atualizado de informações, relacionando ainda vídeos, links e as notícias mais lidas. À esquerda estão as editorias e os colunistas, além de algumas reportagens especiais.

Ao visitar o site do Ibase, tem-se a certeza de que há muita gente boa lutando para que nosso país seja um lugar mais justo. Não é à toa que “a história de 30 anos do Ibase se confunde com a da reconstrução da democracia no Brasil”.

Publicado em 5 de novembro de 2013

Publicado em 29 de outubro de 2013