Este trabalho foi recuperado de uma versão anterior da revista Educação Pública. Por isso, talvez você encontre nele algum problema de formatação ou links defeituosos. Se for o caso, por favor, escreva para nosso email (educacaopublica@cecierj.edu.br) para providenciarmos o reparo.

O processo de reflexão de alunos autores durante as aulas de Educação Física Escolar: charges sobre a Copa do Mundo no Brasil

Daniel Teixeira Maldonado

Doutorando em Educação Física (USJT); docente da rede municipal de São Paulo

Introdução

Ao iniciar o ano de 2014, realizamos diversas discussões com os alunos da escola em que atuamos sobre os aspectos positivos e negativos da realização da Copa do Mundo de Futebol no Brasil. Ministramos aulas para os discentes do 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental de uma escola pública localizada na Zona Leste da cidade de São Paulo e, durante o mês de fevereiro, analisamos textos publicados em jornais, realizamos discussões e debates em sala de aula e assistimos a documentários sobre a realização desse evento no Brasil.

Quando discutimos esse tema em nossas aulas, tínhamos a intenção de estimular o pensamento crítico dos alunos em relação ao evento e refletir se um país como o nosso deveria ou não sediar uma copa do mundo com a quantidade de gastos públicos que foram usados para esse fim.

Com a intenção de avaliar o que foi compreendido pelos alunos e colocar os discentes na condição de autores do processo educacional, solicitamos que fossem realizadas charges com o tema da Copa do Mundo no Brasil para que as opiniões dos jovens da escola sobre o evento se materializassem em um instrumento de avaliação após as discussões realizadas em aula.

Com este artigo, temos a intenção de mostrar as produções realizadas pelos discentes e propor que as charges também possam ser utilizadas como instrumento de avaliação do processo educacional nas aulas de Educação Física Escolar. A seguir, mostraremos 20 produções dos nossos alunos que expressam bem os debates que foram realizados durante as aulas. Essas produções foram escolhidas em conjunto com a coordenação pedagógica da unidade escolar após a análise das charges e exposição desse material para o restante da escola.


Autor: Kauan Souza - 7ºC

Autora: Maria Eduarda - 9º C

Autora: Leila - 7ºB

Autora: Gabriele - 8ºA

Autora: Tais Eduarda - 9ºA

Autor: Marcos André - 9ºA

Autor: João Victor - 9ºA

Autor: Lucas Alexsander - 9ºA

Autora: Tainá Lopes - 8ºA

Autor: Willian - 8ºB

Autor: Giovanni - 8ºA

Autor: Reginaldo - 9ºA

Autora: Beatriz Nunes - 8ºA

Autora: Natalia - 8ºB

Autora: Vitória Souza - 9ºC

Autor: Rodrigo Franco - 9ºC

Autor: Gabriela Martins - 7ºC

Autora: Micaele - 9ºA

Autor: Gabriel Alecrim - 8ºA

Autor: Luis Henrique - 8ºA

Considerações finais

Consideramos que os professores de Educação Física devem utilizar diversos instrumentos para avaliar os seus alunos durante suas aulas; a charge também pode ser uma forma de avaliação, principalmente porque na nossa escola muitos jovens trazem diversas dificuldades na escrita e muitas vezes não conseguem se expressar dessa forma, mas compreenderam os conteúdos e merecem ter outras oportunidades, além do texto escrito, para expressar o que foi aprendido em aula.

Publicado em 09 de setembro de 2014

Publicado em 09 de setembro de 2014