Erotismo na literatura

Ainda que na Inglaterra do século XIX o poder e a posição social determinassem as relações sociais, havia ainda espaço para a consolidação de uma literatura erótica. Nesse tempo em que crescia a publicação de jornais e livros, os libertinos tentavam também ocupar esse espaço, o que encontrava obstáculos na Igreja Anglicana. O livro de Maria Conceição Monteiro, da UERJ, analisa esse período e suas consequências.

14-ed37-b09

Publicado em 21 de outubro de 2014