I Semana de Física do Proemi do Colégio Estadual Canadá, de Nova Friburgo

Adriana Oliveira Bernardes

Mestre em Ensino de Ciências pela UENF

Através do Proemi, o Colégio Estadual Canadá oferece a seus alunos, desde 2013, o Ensino Médio na modalidade integral, em parceria com o governo federal e o Instituto Ayrton Senna.

Com o intuito de melhorar a qualidade do ensino e cumprir o PNE (Plano Nacional de Educação), que prevê o aumento de alunos na modalidade integral, o curso trabalha, a partir de disciplinas específicas, questões socioafetivas dos alunos, porém a ideia é que todas as disciplinas que compõem o currículo realizem um trabalho sobre esse aspecto, contribuindo não só com os aspectos cognitivos, mas também em questões relacionadas com a vivência do aluno na escola.


Aluna do Proemi Tatiane Santana

O evento foi realizado na escola entre os dias 11 e 15 de maio, com o intuito de tornar a Física mais inclusiva aos alunos; foram discutidos temas da atualidade, como os 25 anos do telescópio espacial Hubble e temas interdisciplinares, no qual associou a Física à Filosofia, relembrando os primeiros momentos da Filosofia na Grécia Antiga, quando explicava fenômenos da natureza.

O evento contou com palestras como: 25 anos do telescópio espacial Hubble, apresentado pela professora de Física Adriana Oliveira Bernardes; Arke, Physys e Logos, apresentada pelo professor de Filosofia César Lapa, e Mitologia; o nome dos planetas, foi apresentada pelo professor Enock Peixoto, também professor de Filosofia.


Professor César Lapa, de Filosofia, fala sobre Arke, Physys e Logos

Incentivando o protagonismo não só dos professores como também dos alunos, foram apresentadas palestras pelos alunos do 1o ano do Proemi: Mito e Filosofia, por Hugo Sabadine; Tales de Mileto e O nascimento da Filosofia na Grécia Antiga, por Tatiane Santana; Avaliação da atividade solar, por Willian Ferreira; O telescópio Herschel, por Fernanda Siqueira e Thamires Gomes; Ciência e Arte no Ensino de Astronomia, por Bruna Thurler e Yan Gabriel.

A semana também contou com uma oficina, realizada por Adriana Ferreira de Souza, aluna de graduação em Física do Cefet de Nova Friburgo, sobre jogos no ensino de Astronomia nos quais os alunos tiveram oportunidade de aprender temas de astronomia e também reforçar o que já haviam aprendido de forma lúdica.


Jogo elaborado através da parceria CEFET-CEC

Duas mostras foram apresentadas: Das cosmologias antigas ao universo eterno, fruto de projeto desenvolvido no Colégio Estadual Canadá em 2014, que alcançou grande êxito, tendo ganho o primeiro lugar em Feira Municipal de Nova Friburgo, foi apresentada na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia da cidade e na FECTI no Rio de Janeiro. A mostra Paisagens Cósmicas: da Terra ao Big Bang também foi apresentada, possibilitando aos alunos conhecimento a respeito de temas gerais de Astronomia.


Mostra Das cosmologias antigas ao universo eterno: fruto de iniciação científica de Ensino Médio oferecida aos alunos no CEC

A mostra Ciência e arte: a exploração do sistema solar foi elaborada e apresentada pelos alunos Bruna Thurler e Yan Gabriel, também alunos do 1o ano do Proemi; a mostra é resultado de um projeto que vem sendo orientado pela professora de Física durante 2015 e que ainda apresenta resultados preliminares.


Mostra Ciência e arte: exploração do sistema solar, projeto Ciência e Arte no Ensino de Astronomia

Professor Enock Peixoto, de Filosofia, fala sobre mitologia e o nome dos planetas

Mostra Da Terra ao Big Bang

No ultimo dia da Semana de Física, recebemos na escola, o astrofotógrafo José Carlos Diniz, do Canf (Clube de Astronomia de Nova Friburgo), que apresentou a palestra “O que é Astronomia, afinal?”. Os alunos puderam não só ter uma visão do que é Astronomia como também conhecer um profissional da área de ciências que contribuiu fortemente para o desenvolvimento da Astrofotografia no Brasil.

Palestra do astrofotógrafo José Carlos Diniz no CEC

A I Semana de Física do Proemi trabalhou o protagonismo não só dos alunos, como também dos professores, o que valoriza os dois atores mais importantes no processo de ensino e aprendizagem.


Aluna do Proemi recebe livro Fascínio do universo, incentivo ao conhecimento de Astronomia

Habilidades e competências importantes foram trabalhadas no evento, bem como aspectos socioafetivos, relacionados à importância do conhecimento e ao incentivo à autonomia e a um aluno ativo em seu processo de ensino e aprendizagem.

Consideramos que uma pequena semente tenha sido plantada, tanto no professor quanto no aluno, no sentido da valorização do conhecimento; esperamos colher frutos na conscientização deles quanto à sua real importância na sociedade.

Publicado em 04 de agosto de 2015