Escola demais faz mal às crianças

Uma roda de conversas entre adultos revela as preocupações deles com o futuro escolar de seus filhos. Uma pensa no vestibular, outra no estudo de línguas estrangeiras; Eduardo Sá, psicólogo português é contra a lição de casa e a favor de que as crianças brinquem mais com seus pais, que tenham educação musical. Na sua opinião, nem sempre os bons alunos tiram as melhores notas.

Publicado em 01 de setembro de 2015

Este artigo ainda não recebeu nenhum comentário

Deixe seu comentário

Este artigo e os seus comentários não refletem necessariamente a opinião da revista Educação Pública ou da Fundação Cecierj.