Como as crianças indígenas percebem seu cotidiano na cidade

Pesquisadores do Estado do Mato Grosso do Sul estudaram as condições de crianças indígenas na cidade de Campo Grande, capital do estado. Esse trabalho foi feito a partir das percepções dos professores indígenas dessas crianças, com base na Antropologia Infantil, e mostra as formas de marginalização e silenciamento dessa população, pois a legislação não a ampara no contexto urbano.

Publicado em 24 de maio de 2016