A Grécia fora da base curricular nacional

A discussão sobre a Base Nacional Comum Curricular continua – nas redes sociais, na academia e na grande mídia, e o foco permanece nos conteúdos de História. Desta vez, é Paulo Silvestre, do Estadão, que comenta a possível retirada da História Antiga das salas de aula (e provavelmente dos livros didáticos), causada, segundo ele, por razões políticas.

Publicado em 02 de fevereiro de 2016