A sustentabilidade nos programas educacionais

O professor universitário Roberto Lobo, ex-reitor da USP, analisa neste artigo a importância da continuidade dos programas estudantis no Brasil, a despeito das dificuldades econômicas e instabilidades que ainda vivemos. Para ele, é imprescindível que Ciências sem Fronteiras, Pronatec, Prouni e Fies sejam mantidos e, se possível ampliados, ainda que às vezes sejam necessárias correções de rumo.

Publicado em 15 de março de 2016