O conhecimento pedagógico do conteúdo dos erros

Jorge Henrique Gualandi

Professor (IFES – Câmpus Cachoeiro de Itapemirim), mestre em Ensino de Matemática (PUC/MG), doutor em Educação Matemática (PUC/SP)

O livro Formação do Professor de Matemática: reflexões e propostas foi organizado em treze capítulos por Helena Noronha Cury e Carlos Roberto Vianna. Os autores esperam que a obra possa contribuir para uma discussão mais profunda das necessidades de alunos e professores dos cursos de licenciatura em Matemática no Brasil. Dele, resenhamos o capítulo “O conhecimento pedagógico do conteúdo dos erros”, elaborado pela organizadora.

Cury se baseia principalmente no desenvolvimento  do conhecimento pedagógico do conteúdo dos erros e nas ideias de Shulman sobre o conhecimento do professor:

a) o conhecimento do conteúdo da disciplina;
b) o conhecimento curricular; e
c) o conhecimento pedagógico do conteúdo.

Ela defende uma formação inicial de professores de Matemática mais ampla, com momentos de discussão sobre a origem dos erros e sobre a forma como eles podem ser trabalhados, proporcionando ao futuro professor o conhecimento pedagógico do conteúdo dos erros.
A autora definiu a terceira categoria de Shulman, “conhecimento pedagógico do conteúdo”, como o conhecimento “que vai além do conhecimento da disciplina em si para a dimensão do conhecimento da disciplina para ensinar” (grifo da autora).

Cury busca relacionar as ideias de Shulman e outros textos para introduzir o tema, corroborando Mandarino; Peng e Luo; Borasi; Carpenter e Levi; Ball, Thames e Phelps; e Shulman quando apresentam situações em que os professores precisam analisar erros cometidos pelos alunos.

Se um professor, ao analisar um desses erros, sabe o que aconteceu porque já viu muitos alunos cometendo o mesmo tipo de erro, esse professor está usando a categoria considerada por Shulman a mais ampla, que é o “conhecimento pedagógico do conteúdo e de Pedagogia”, mostrando sua compreensão da tarefa de ensinar. A pesquisadora propõe formas de desenvolver esse conhecimento em cursos de Licenciatura em Matemática.

Conhecer um conteúdo, portanto, na concepção do conhecimento pedagógico, significa poder dar respostas aos alunos sobre quaisquer questões a respeito daquele conteúdo (Cury, 2012, p. 34).

Cury enfatiza onde e como o professor deve procurar, bem como relacionar as informações encontradas e que esse conhecimento envolve entender a razão pela qual determinada pergunta foi feita.

No decorrer do capítulo, ela relata uma experiência realizada em diferentes regiões do país, com um exemplo sobre fractais com alunos da licenciatura em que utiliza a análise de conteúdo dos erros a partir de critérios preestabelecidos.

Supondo que esses erros fossem cometidos por alunos de uma mesma turma, seu professor de Matemática teria que conhecer, também, estratégias de ensino que pudessem desenvolver as habilidades de conjecturar e generalizar (Cury, 2012, p. 43-44).

Cury finaliza propondo que em cada disciplina específica ou pedagógica de um curso de licenciatura em Matemática sejam abordados os erros mais frequentes cometidos por estudantes da Educação Básica e relacionar esses conteúdos aos conceitos ensinados naquela disciplina, proporcionando ao futuro professor um arsenal de conhecimentos sobre dificuldades que envolvam o processo de ensino e aprendizagem.

Referência

CURY, H. N. O conhecimento pedagógico do conteúdo dos erros. In: CURY, H. N.; VIANNA, C. R. (Orgs.). Formação do professor de Matemática: reflexões e propostas. Santa Cruz do Sul: IPR, 2012.

Publicado em 20 de agosto de 2019

Como citar este artigo (ABNT)

GUALANDI, Jorge Henrique. O conhecimento pedagógico do conteúdo dos erros. Educação Pública, v. 19, nº 17, 20 de agosto de 2019. Disponível em: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/19/17/o-conhecimento-pedagogico-do-conteudo-dos-erros