Este trabalho foi recuperado de uma versão anterior da revista Educação Pública. Por isso, talvez você encontre nele algum problema de formatação ou links defeituosos. Se for o caso, por favor, escreva para nosso email (educacaopublica@cecierj.edu.br) para providenciarmos o reparo.

A Língua Portuguesa agradece... Nossos ouvidos também!

Não diga:

  • Menas (sempre menos)
  • Iorgute (iogurte)
  • Mortandela (mortadela)
  • Mendingo (mendigo)
  • Trabisseiro (travesseiro)
  • Trezentas gramas (é O grama e não A grama)
  • Di menor, di maior (é simplesmente maior ou menor de idade)
  • Cardaço (cadarço)
  • Asterístico (asterisco)
  • Beneficiente (beneficente - lembre-se de Beneficência Portuguesa)
  • Meia cansada (meio cansada)

Lembre-se também:

  • Mal - Bem
  • Mau - Bom
  • A casa é GEMINADA (do latim geminare = duplicar) e não GERMINADA que vem de germinar, nascer, brotar
  • O certo é CUSPIR e não GOSPIR.
  • O certo é BASCULANTE e não VASCULHANTE, aquela janela do banheiro ou da cozinha.
  • Se você estiver com muito calor, poderá dizer que está "suando" (com u) e não "soando", pois quem "soa" é sino!
  • O peixe tem ESPINHA (espinha dorsal) e não ESPINHO. Plantas têm espinhos.
  • Homens dizem OBRIGADO e mulheres, OBRIGADA;
  • O certo é HAJA VISTA (que se oferece à vista) e não HAJA VISTO;
  • “FAZ dois anos que não o vejo" e não "FAZEM dois anos";
  • POR ISSO e não PORISSO;
  • "HAVIA muitas pessoas no local" e não "HAVIAM";
  • "PODE HAVER problemas" e não "PODEM HAVER...";
  • PROBLEMA e não POBLEMA ou POBREMA;
  • A PARTIR e não À PARTIR;
  • Para EU fazer, para EU comprar, para EU comer e não para MIM fazer, para mim comprar ou para mim comer (mim não conjuga verbo; apenas "eu, tu, eles, nós, vós, eles");
  • Você pode ficar com dó (ou com um dó) de alguém, mas nunca com "uma dó"; a palavra dó no feminino é só a nota musical (do, ré, mi, etc etc.);
  • As pronúncias: CD-ROM é igual a ROMA sem o A. Não é CD-RUM (nem CD-pinga, CD-vodka, etc). ROM é abreviatura de Read Only Memory - memória apenas para leitura;
  • HALL é RÓL não RAU, nem AU;
  • E, agora, o horror divulgado pelo pessoal do TELEMARKETING: Não é "eu vou estar mandando", "vou estar passando", vou estar verificando e sim eu vou MANDAR , vou PASSAR e vou VERIFICAR (muito mais simples, mais elegante e CORRETO).
  • Da mesma forma, é incorreto perguntar: COM QUEM VOCÊ QUER ESTAR FALANDO?
  • Veja como é o correto e mais simples: COM QUEM VOCÊ QUER FALAR?
  • Ao telefone não use: “Quem gostaria?” É de matar...
  • Não é elegante você tratar por telefone pessoas que não conhece utilizando termos como: querido(a), meu filho(a), meu bem, amigo(a)... Utilize o nome da pessoa ou Senhor, Senhora.
  • Por último, e talvez a pior de todas: por favor, arranquem os malditos SEJE e ESTEJE do seu vocabulário (estas palavras não existem).

Mande aos seus amigos: se circula tanta bobagem pela internet, por que não circular coisa útil? A Língua Portuguesa agradece.

Texto anônimo encontrado na Internet.

Publicado em 24 de julho de 2007.

Publicado em 24 de julho de 2007