Este trabalho foi recuperado de uma versão anterior da revista Educação Pública. Por isso, talvez você encontre nele algum problema de formatação ou links defeituosos. Se for o caso, por favor, escreva para nosso email (educacaopublica@cecierj.edu.br) para providenciarmos o reparo.

Ciência em tela

Alexandre Rodrigues Alves

Para melhorar a sala de aula das ciências

Imagem da página inicial do site
http://www.cienciaemtela.nutes.ufrj.br

A revista eletrônica Ciência em Tela, produzida por professores de importantes universidades públicas brasileiras lideradas pela UFRJ, tem a proposta de abrir espaço para a divulgação da produção científica para que possa ser utilizada por professores dos vários níveis, aproximando “as ações desenvolvidas em espaços educativos formais e não-formais, como universidades, escolas, museus, centros de ciência, mídia e ONGs”.

Em suas diversas seções, Ciência em Tela disponibiliza artigos de pesquisa, ensaios, relatos de experiência e de produção de material didático para os vários campos do conhecimento. O conteúdo da revista está pautado em cinco tópicos: (i) conhecimento em diferentes áreas das ciências naturais e biomédicas; (ii) pesquisa em ensino de ciências; (iii) relações entre escola e sociedade; (iv) divulgação científica e experiências em espaços de educação não-formal; e (v) recursos didáticos.

A seção Ciência Contemporânea traz um artigo que aborda a evolução dos conhecimentos sobre a doença de Chagas; outro discute aspectos relacionados à segurança no consumo de alimentos geneticamente modificados. Ou seja, é a visão de mundo que a ciência quer levar até a escola, objetivo central dos idealizadores do site.

Os artigos que falam das condições atuais da educação estão na seção Escola e Sociedade: nesta edição, um dos relatos trata de gravidez na adolescência e homofobia. Outro propõe discutir a crise ambiental em um jogo didático, numa proposta de estratégia colaborativa que pode ser bastante motivadora.

A seção Pesquisa e Ensino traz artigos que procuram relacionar mais diretamente esses dois aspectos essenciais para a educação. Um dos eixos conceituais do site, a relação entre os espaços formais e os não-formais de educação está na seção Divulgação e espaços não-formais. Na seção Sala de Aula encontram-se textos que tratam da construção e do uso de ferramentas disponíveis na Internet para a prática docente; que falam da necessidade de explorar temas motivadores para os alunos, além de experiências de sala de aula.

Além dessas, a seção Resumos, como o nome já sugere, traz os temas básicos de monografias, dissertações e teses; Resenhas comenta e analisa materiais didáticos, softwares, livros, filmes, mostras e peças que possam interessar ao professor. Ou seja, mais dicas para ajudar nas atividades em sala de aula.

O item links apresenta os endereços eletrônicos de diversas publicações na área de ciências, o que também pode ser bastante útil para uma pesquisa em materiais de qualidade; a Agenda apresenta eventos das áreas.

Há, ainda, um espaço para o envio de relatos, artigos, ensaios, resenhas (a serem avaliados pelo comitê editorial), aberto à troca de experiências dos professores.

Segundo seus editores, o objetivo é fazer de Ciência em Tela uma revista “que também provoque seus leitores/autores, contribuindo para sua prática educativa”. Apesar da desatualização da agenda, vale a pena conferir. Muito.

Publicado em 16 de setembro de 2008

Publicado em 16 de setembro de 2008