Edição V. 19, Ed. 26 - 22/10/2019

As políticas públicas de educação de jovens e adultos do Brasil Colônia à LDB nº 9.394/96

Comunicação, História, Sociologia, História da Educação e Política Educacional

O presente trabalho é fruto de uma pesquisa bibliográfica sobre as políticas públicas para a Educação de Jovens e adultos que vêm sendo implementadas ao longo do tempo, desde o Brasil Colônia até o advento da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996. A pesquisa foi feita em livros, artigos e na legislação pertinente ao assunto em questão; ali se percebe que a Educação de Jovens e Adultos no Brasil tem sido relegada a segundo plano quando se trata de políticas públicas de erradicação do analfabetismo e como direito subjetivo que é garantido pela Constituição, de a população aprender com qualidade e formar cidadãos preparados para resolver os problemas do seu contexto e continuar aprendendo para toda a vida.

Leia este artigo

Caminhos do Saber: uma experiência didático-pedagógica

Ecologia e Meio Ambiente, Geografia, História, Formação de Professores, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula, Cidadania e Comportamento, Educação Artística, Fotografia, Língua Portuguesa e Literatura, Espaços Urbanos, Política Cultural e Política Educacional

Um grupo de professores da Paraíba, membros de uma ONG, vem fazendo passeios voltados para desenvolver suas culturas de modo que estejam sempre atentos para compreender mais e melhor a sua região, a sua história; com isso, esses professores poderão ensinar mais e melhor.

Leia este artigo

Os técnicos em Biblioteconomia e as bibliotecas escolares do Distrito Federal

História da Educação, Instituição Escola e Política Educacional

Esta pesquisa documental analisa a importância do técnico em Biblioteconomia nas atividades escolares e nas políticas públicas educacionais. A ausência desses profissionais prejudica o bom desempenho das atividades escolares e contribui para que as políticas públicas no campo da Educação não se concretizem.

Leia este artigo

História do ensino de Ciências na Educação Básica no Brasil (do Império até os dias atuais)

História da Educação e Política Educacional

A educação é reformulada de acordo com os interesses sociais, de acordo com o contexto político, histórico e cultural. Dentro dessa perspectiva, o ensino de Ciências foi incluído no currículo escolar e modificado conforme eram percebidas as necessidades de formação da população.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Atenção: Submissão de artigos

Prezados autores, prezadas autoras,
estamos realizando uma atualização de nosso sistema editorial. Por isso, a revista Educação Pública não estará temporariamente recebendo novos trabalhos para publicação. Vale ressaltar que os artigos já recebidos estão em processo de avaliação e, se selecionados, serão publicados.

Quando o sistema voltar a funcionar normalmente - o que esperamos que aconteça muito em breve - retomaremos o processo de submissão de novos trabalhos que tratem de temas ou relatem experiências relevantes para a Educação Básica no Brasil.

20/10 às 18h | Mulheres na EaD: partilhando experiências e realidades antes e durante a pandemia

14/10 a 18/12 | Festival do Filme Científico

De 14 de outubro a 18 de dezembro, o Brasil recebe a segunda edição do Science Film Festival, festival de cinema dedicado à promoção da ciência e da educação científica por meio do audiovisual. O tema deste ano é sustentabilidade e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) – a seleção de filmes voltados a professores, estudantes e público geral aborda questões que duramente afetam o planeta hoje, como mudanças climáticas, biodiversidade, inovação e tecnologia, energias limpas, entre outras. No Brasil, a mostra traz 14 vídeos de países como Tailândia, Alemanha, Chile e Canadá, todos dublados ou legendados para o português brasileiro, destinados a crianças e adolescentes.

site do evento

17 a 20/11 | XI Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de História

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco