Edição V. 13, Ed. 27 - 23/07/2013

CIÊNCIA, ENSINO E PESQUISA NA GRADUAÇÃO

No ensino superior brasileiro, em especial nos cursos de graduação, a disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica quase sempre é vista por alunos e mesmo por alguns professores como de menor importância no contexto da grade de disciplinas especializadas de cada curso. Trata-se, porém, de um engano. O ensino/aprendizado de metodologia científica, quando levado a sério, tende a beneficiar o aluno ao longo de sua formação acadêmica.

Leia este artigo

PRÁTICAS SOCIAIS DE LEITURAS

Ler é olhar e ver. Lemos não apenas palavras escritas ou impressas, mas também as pessoas e os objetos que nos cercam, uma leitura da qual nos apropriamos através dos sentidos, das emoções, da razão – do pensamento. A primeira grande divisória da história humana está na capacidade de comunicação simbólica, que prenunciou a invenção da escrita. Em que pese a importância da tradição oral, a invenção do livro ampliou sua fixação e transmissão em grandes quantidades e em formas especiais, de grande valor para a compreensão história da estrutura social de forma permanente, aumentando as possibilidades críticas, racionais, lógicas de comunicação do pensamento.

Leia este artigo

A inteligência emocional e a justiça

Uma condição essencial ao autoconhecimento é o desenvolvimento da inteligência emocional. É preciso conhecer mais a respeito das emoções e das suas possibilidades colaboradoras, principalmente no que diz respeito a sua ação conjunta à justiça. Tomemos contato com as emoções, cuja serventia pode ser identificada através do estudo realizado por Daniel Goleman: (1) raiva: com a aceleração do batimento cardíaco e a secreção de alguns hormônios, em destaque a adrenalina, gera-se uma pulsação e energia para agir vigorosamente mediante uma dada necessidade; (2) amor: estimula a aceitação, amizade, confiança, afinidade, adoração, paixão; (3) tristeza: põe a pessoa em contato consigo mesma, estimulando-a à autoavaliação de questões internas, a fim de encontrar soluções aos vários problemas psíquicos existentes; (4) vergonha: relaciona-se a culpa, vexame, remorso, arrependimento.

Leia este artigo

Atenção: Submissão de trabalhos

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco