Edição V. 13, Ed. 32 - 27/08/2013

Líder escolar: questão de adaptação

De onde vem a inteligência de um líder? Do cérebro. Da mente. Da constituição genética somada às interações com o meio externo. Das vivências e experiências positivas e negativas. Das formas de sentir e agir. Não acredito nos líderes natos. Acredito nas ativações cerebrais constituindo formas de equilíbrio e de atitudes nos mais variados contextos. Acredito em potencialidades que se revelam líderes nas necessidades e nas intempéries cotidianas. Acredito na decisão de ‘viver e não ter a vergonha de ser feliz’.

Leia este artigo

Dinâmicas para trabalhar as questões de gênero e sexualidade na escola

Um dos grandes problemas de gênero é ainda evidenciado pela misoginia, que é a aversão às mulheres, que até pouco tempo ocorria intensamente, por exemplo, na China. Mas, como percebemos nos casos de violência, esse modelo de tratamento sobre o gênero feminino ainda está presente no âmago dos homens e da sociedade. O que mudará esse paradigma é a elevação cultural, social e educacional da população, por meio de investimentos maciços nessas três esferas, além da aplicação de leis e medidas punitivas mais severas, já que a sensação de impunidade parece ser um fator incitador aos agressores (PEREIRA, 2006).

Leia este artigo

Capoeira e educação libertária para formação de sujeitos autônomos – as práticas de ensino nas rodas de rua do RJ

O ensino da Capoeira como ferramenta educacional foi amplamente difundido a partir da década de 1990, da creche à universidade em todo o território nacional. Entretanto, é associado a uma visão restrita que considera apenas os aspectos motores, musicais e artísticos da prática. O papel libertário histórico da Capoeira é geralmente negligenciado. O trabalho visa caracterizar a Capoeira como prática educativa transformadora no desenvolvimento da autonomia. São analisadas experiências educativas espontâneas em rodas de Capoeira desenvolvidas nas ruas. Os conceitos de autonomia, autoritarismo, liberdade e disciplina em nível político, social e individual são aqui enxergados em sentido amplo e relacionados diretamente com as teorias de educação libertária. Nesse sentido, tendo em vista a pluralidade de visões acerca do tema, recorri aos estudos de Michael Alexandrovich Bakunin, Alexander Sutherland Neill, Paulo Freire, Maurício Mogika e Silvio Gallo, entre outros. Concluo apresentando como a Capoeira se legitima em poderosa ferramenta pedagógica para uma educação democrática.

Leia este artigo

Apresentações na escola estimulam a integração entre os pais

A cada semestre, a escola em que minha filha estuda promove uma semana de apresentações aberta aos familiares, na qual cada turma expõe o projeto que está trabalhando. A turminha da minha pequena no início do período optou, entre os vários temas propostos, por trabalhar com a Época das Cavernas (sim, é a própria turma que decide por votação o que vai pesquisar ao longo do semestre). Tais apresentações são de diversas naturezas: peças de teatro, pinturas, desenhos, canções e tantas outras manifestações artísticas. Podem ir pais, avós, tios e quem mais quiser.

Leia este artigo

Só Biologia

O portal Só Biologia dá as boas-vindas apresentando-se como um lugar para o internauta “realizar pesquisas, praticar exercícios e até mesmo se divertir”. São diversos os conteúdos de Biologia e Ciências que o site oferece.

Leia este artigo

Atenção: Submissão de trabalhos

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco