Edição V. 13, Ed. 4 - 29/01/2013

A importância da reformulação dos currículos das disciplinas da área de exatas

No artigo anterior, avaliei questões relacionadas aos problemas no ensino de Ciências no Brasil e a falta de incentivo para que os alunos se interessem por essa área.

Leia este artigo

CAFÉ E O SURGIMENTO DO MERCADO DE COMMODITIES NO SÉCULO XIX

O termo inglês commodity provém da língua francesa (commodité), cuja tradução consiste basicamente nas expressões portuguesas mercadoria, produto (De Lucca, 2001, p. 100). Mais do que a própria etimologia da palavra, é o seu léxico que realmente importa para a análise, uma vez que o uso do termo remete a um sentido formulado ao longo de séculos. Quer dizer que a definição apropriada para commodity se estabelece da seguinte forma: produto primário-exportador, com pequeno grau de industrialização e produzido em grandes quantidades, conhecido também por sua dinâmica de comercialização, uma vez que se situa dentre as principais trocas comerciais dos países (Topik; Marichal; Zephyr, 2006). Destacam-se as commodities agrícolas como café, tabaco, açúcar, cacau, além das minerais, como a prata e o ouro. O que se fará adiante é um breve histórico da conjuntura em que a própria palavra fora conformada sob esse significado. A saber, trata-se do surgimento do mercado de commodities durante o século XIX.

Leia este artigo

Conversa com professores

Ensinar e aprender, como sabemos, são ações políticas. Ensinar e aprender literatura na escola secundária brasileira é atuar dentro de um panorama pedagógico marcado por limites difusos e por uma interação interdisciplinar de caráter muitas vezes confuso e amorfo. Enquanto alunas e alunos se ressentem da gratuidade de uma disciplina que, em sua visão, apenas repete dados históricos e reforça conhecimentos linguísticos de forma acrítica, suas professoras se veem cerceadas por estreitos limites de tempo, pelo perfil pedagógico da matéria, pelas imposições sociais, culturais e econômicas dos exames vestibulares a tal ponto que chegam a confundir dados históricos sobre literatura com teoria literária . O que será, então, a Educação Literária? Qual o seu papel no currículo a escola de segundo grau? Como repensar a disciplina? Valerá a pena mantê-la na escola do século XXI?

Leia este artigo

Conectados à televisão, ao celular, ao computador

O despertador do celular toca. É hora de ir para a escola.

Leia este artigo

A graça da Química

Depois de uma navegada no site A Graça da Química fiquei até com vontade de estudar esse assunto – coisa que nunca havia me passado pela cabeça. O site é bastante interessante, pois, além de simplificar as complexas teorias da Química, mostra como a disciplina está presente em nosso dia a dia. Afinal, é no mínimo curioso um lugar onde se pode ter uma aula sobre cinética radioativa e aprender sobre o melhor modo de conservar berinjelas (cuja explicação é totalmente baseada na Química).

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Magda Soares

"Para a criança, a complexa aprendizagem da língua escrita deve acompanhar seu desenvolvimento cognitivo, linguístico e mesmo motor, para a manipulação dos instrumentos e suportes da escrita."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco