Edição V. 14, Ed. 35 - 16/09/2014

As grandes questões ausentes no debate eleitoral

Estamos mergulhados na conjuntura eleitoral, com propaganda em radio e televisão, cabos eleitorais nas ruas, adesivos por toda parte. Mas debate político acalorado, que é bom, nada. O maior fato político e eleitoral neste começo foi a morte do Eduardo Campos em acidente aéreo e a ascensão de Marina Silva, a candidata presidencial travestida de PSB, pois o que ela queria (e quer) é viabilizar seu projeto consubstanciado na Rede Solidariedade.

Leia este artigo

De onde viemos

Quando o que existe é nada, tudo é possível, e cada passo inaugura um novo mundo. A liberdade total, já disseram, é fardo por demais pesado.

Leia este artigo

"Esclevendo" números espelhados

Lembro-me de quando minha filha tinha dois anos e estávamos com uma amiga que tem dois filhos. Ela é uma dessas supermães que sabem tudo sobre crianças, conhecem cada etapa do crescimento melhor do que qualquer pediatra, os nomes das vacinas, as fases cognitivas etc. Eis que ela escutou minha filha falar "Cinderela" e achou inusitado o fato dela não trocar o "r" pelo "l", uma vez que é comum nessa fase às crianças se referirem à princesinha do sapato de cristal como "Cindelela". Fui pesquisar e vi que, de fato, diversos fonoaudiólogos dizem ser normal a troca desses fonemas – conhecida como transtorno fonológico – até quatro anos, pois o fonema "r" é normalmente um dos últimos a ser adquirido pelos pequenos.

Leia este artigo

Articulando flexibilidade e gestão do tempo de estudos nos cursos online

É evidente que as tecnologias vêm revolucionando a sociedade, e estar em constante processo de aprendizagem tornou-se condição obrigatória para a inserção e permanência no mercado profissional. Dessa forma, a necessidade de se qualificar profissionalmente requer diferentes veículos. A educação presencial não é mais a única opção formativa, abrindo espaços não presenciais de aprendizagem. À medida que as novas tecnologias da informação e comunicação (TIC) evoluem, trazem consigo diferentes possibilidades de aprendizagem a distância; uma prova disso é a educação online (EOL).   Para Moran (2003), a EaD é um conceito mais amplo que o de EOL. O autor exemplifica que um curso por correspondência é a distância, mas não se configura como curso online. Moran (2003) define a EOL como um conjunto de ações de ensino-aprendizagem desenvolvidas por meio de meios telemáticos, como a internet, a videoconferência e a teleconferência. Ele sustenta que a EOL acontece cada vez mais em situações bem amplas e distintas, da Educação Infantil aos níveis mais graduados.  Na perspectiva do autor, a EOL abrange desde cursos totalmente virtuais, sem contato físico – incluindo os cursos semipresenciais – até os cursos presenciais com atividades complementares fora de sala de aula, pela internet (MORAN, 2003).

Leia este artigo

Integração do professor com a turma

Ser professor provoca situações realmente inesperadas e marcantes. Por que estou escrevendo isto? Uma das mais significativas notícias deste início de setembro foi a decisão de uma turma de um colégio particular de Ensino Médio do Rio de Janeiro: raspar a cabeça em solidariedade à professora, que foi diagnosticada com câncer de mama. Pelo modelo terapêutico atual, ela irá fazer sessões de quimioterapia que a levarão a perder seus cabelos morenos.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pandemia e Educação na imprensa

26/10 Educadora defende a inclusão da aprendizagem colaborativa na formação escolar

Leia aqui


15/09 Precursor e de contribuição "incomparável": como acadêmicos estrangeiros enxergam Paulo Freire

Leia aqui


31/08 Entre as principais medidas para enfrentar a crise, escolas disponibilizaram materiais pedagógicos impressos, e criaram grupos em aplicativos e redes sociais para facilitar a comunicação

Leia aqui

Seção Divulgação Científica

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Célestin Freinet

"A democracia de amanhã se prepara na democracia da escola."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco