Edição V. 6, Ed. 25 - 18/07/2006

Os meninos da minha escola me pareciam maus

Os meninos da minha escola me pareciam maus. Mas eram de uma maldade que eu tinha que chamar normal. Eles não tinham paciência e detestavam tudo que era diferente. Parecia impossível falar com eles, impossível arrancar-lhes o desprezo. E eu me espantava de ver que eles, mesmo assim maus, não hesitavam nunca. Tinham umas certezas automáticas, mas intangíveis. E me disseram que essas eram as certezas normais. Por muitos anos, tentei concluir o que eles concluíram com poucos anos. Tentei concluir, que todos eram normais ou inúteis. Que o que os outros dizem vale mais do que o que eu imagino. Que quem não faz como os outros, não merece fazer em paz. Que aquilo que cada um tinha era seu, sagradamente seu. Nunca concluí nada disto. (Como é possível, eu pensava, que houvesse tanta lei da selva em uma escola?) Hoje eu me pergunto: onde estão os meninos maus da minha escola? Eles estão tomando as decisões em nome de muitos outros e quase todos eles ainda acham que o que tem, é deles, sagradamente deles. Eles continuam normais e, escondidos assim, parece que continuam maus. (Como é possível, eu penso, que quem nunca teve que sonhar decida pelos outros?)

Leia este artigo

eTandem

O desejo de conhecer outro idioma, aliado aos novos meios de comunicação via internet, pode ser o passaporte para viagens nunca antes imaginadas.

Leia este artigo

Centenário de Mario Quintana

Neste ano em que se comemora os cem anos de nascimento de Mario Quintana (1906-1994), o governo do Estado do Rio Grande do Sul criou uma série de atividades para homenagear o seu maior poeta, entre eles, um site que é uma boa e generosa fonte de informação sobre o homenageado e sobre o programa de eventos do centenário.

Leia este artigo

Cada um em seu lugar: o Relacionamento entre a Escola e a Família no Limiar do Século XXI

É consenso que o processo educativo acontece em todos os lugares e a todo o momento na vida do ser humano. Família, clube, igreja, enfim, são inúmeros os espaços em que a aprendizagem ocorre. Entretanto, nossa sociedade atribui à escola grande parte da responsabilidade pela formação do cidadão. Pode-se afirmar, neste sentido, que a escola é a instituição educacional por excelência.

Leia este artigo

Pesquisadora revela geografia de Machado de Assis

A professora Marta de Senna defendeu na palestra Várias histórias na capital imperial: Machado de Assis a tese que o principal romancista brasileiro fazia uso diferenciado dos espaços da cidade em seus contos e seus romances. O evento, que aconteceu no dia 4 de julho, faz parte da série de palestras Rio Capital Imperial, promovido pela Casa de Rui Barbosa.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pandemia e Educação na imprensa

26/10 Educadora defende a inclusão da aprendizagem colaborativa na formação escolar

Leia aqui


15/09 Precursor e de contribuição "incomparável": como acadêmicos estrangeiros enxergam Paulo Freire

Leia aqui


31/08 Entre as principais medidas para enfrentar a crise, escolas disponibilizaram materiais pedagógicos impressos, e criaram grupos em aplicativos e redes sociais para facilitar a comunicação

Leia aqui

Seção Divulgação Científica

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Célestin Freinet

"A democracia de amanhã se prepara na democracia da escola."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco