Edição V. 7, Ed. 22 - 05/06/2007

Chegou a hora da Educação?

Nos anos 80, os brasileiros dedicaram-se a restabelecer a democracia. Na década seguinte, foi a vez de se livrar dos efeitos perversos da inflação. Neste decênio, na avaliação do Secretário de Educação Superior do MEC, Ronaldo Mota, chegou a hora de se equacionar o problema da educação no Brasil. A metáfora, de autoria do próprio Ministro da Educação, como observou Mota, foi apresentada durante o Seminário Problemas e Políticas da Educação, realizado no dia 25 de maio, no Centro Internacional Celso Furtado.

Leia este artigo

Escola de favela versus escola na favela

Nosso centro de preocupação apareceu com a verificação do longevo processo de acumulação primitiva de capital na História do Brasil. Quase quatro séculos de chicote e pelourinho não se apagam com apenas pouco mais de um século de 'liberdade' e 'cidadania'. Nele está o pano de fundo de nosso trabalho.

Leia este artigo

Laços (e embaraços) da família contemporânea

"Ele é meu irmão só por parte de mãe; a minha mãe é casada com o pai dele; ela é minha irmã do terceiro casamento da minha mãe, eu sou do segundo; meu padrasto é como se fosse pai, o meu pai de verdade casou de novo e a gente quase não se vê..."

Leia este artigo

Mamãe literatura

Grandes crises começam com rupturas profundas no tecido de nossas crenças particulares. Imagine se um dia alguém lhe disser que você não é filho de quem pensa que é. Definitivamente essa não é uma informação trivial. Dizer: “olha, seu carro está com o pneu furado, um abraço”, não é a mesma coisa de: “olha, você é filho do dono da padaria, um abraço”. Saber a própria origem é algo que ajuda a definir nossa identidade. Há um brocado jurídico que diz: “a maternidade é um fato, mas a paternidade é uma questão de profunda fé”.

Leia este artigo

Atenção: Submissão de trabalhos

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco