Edição V. 8, Ed. 36 - 23/09/2008

Uma proposta de trabalho

Eu trabalho com Ensino Médio em uma escola pública, especificamente em um Ciep, ministrando aulas de Física. Vejo que muito se fala e pouco é resolvido; em minha opinião nada é resolvido. A lei, a LDB, preconiza a preparação para a vida, criar um cidadão preparado para enfrentar os desafios do mundo moderno... Vejo alunos que não sabem interpretar textos, não conhecem o básico de Matemática, consequentemente não possuem as condições mínimas para estudar Ciências Naturais... Olhe a grade (quantidades de aulas de determinada ciência por semana) das escolas públicas do Rio de Janeiro; Língua Portuguesa e Matemática são bem privilegiadas!!!

Leia este artigo

O horror silencioso

Um dia, um rapaz que era mais novo que eu talvez uns cinco ou seis anos me procurou. Aquela era uma época sem tantas lan houses espalhadas pela cidade, dessas que oferecem, a preços baixos, uma ou duas horas de contato com um computador; seu objetivo era simples: pedir ao Pablo para digitar umas poesias em um arquivo do Word para daí encontrar alguém que diagramasse em um outro programa qualquer o seu primeiro livro.

Leia este artigo

A princesa Oríntia

Muito tempo atrás, em uma época tão longínqua que eu não saberia indicar a data, se elevava, orgulhoso, majestoso e inacessível, no meio de uma densa floresta, um magnífico castelo. Era todo construído em granito negro; em seu contorno havia largas fossas. Suas altas torres se lançavam ao céu límpido, dominando as árvores milenares da floresta onde se encontravam barulhentos bandos de pássaros de plumagens brilhantes.

Leia este artigo

Muletas e jardins

Muitas vezes aqueles que pensam que podem mudar o mundo ou que têm uma visão muito positiva diante das intempéries da vida são tachados de ingênuos, sonhadores, delirantes. Mas, graças a esses tipos, muitas coisas que parecem não ter solução se arrumam direitinho. Há, no entanto, maneiras e maneiras de ser otimista. Existem os que alimentam a conformidade, adequando-se a qualquer situação, dizendo para si mesmos que tudo está bom do jeito que está. E há os que, ao contrário, mostram uma nova forma de lidar com uma situação triste e modificam tudo que está ao seu redor.

Leia este artigo

A moeda, o crédito, e o capital financeiro

Para surpresa dos ideólogos, os Estados Unidos acabam de dar uma aula curta, sintética e brilhante sobre a natureza do capitalismo e sobre o funcionamento de seus mercados. Com poucas palavras, o governo americano anunciou, nesta última semana, a estatização das duas maiores empresas de financiamento hipotecário dos EUA: a Fannie Mae e a Freddie Mac, criadas pelo Estado americano em 1938 e 1970 e depois privatizadas com o objetivo de diminuir os gastos públicos e aumentar a concorrência setorial. Ao anunciar sua decisão, o secretário do Tesouro norte-americano prometeu injetar até US$ 200 bilhões dos contribuintes nas duas empresas, que controlam metade do mercado de hipotecas dos EUA, estimado em US$ 12 trilhões.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Magda Soares

"Para a criança, a complexa aprendizagem da língua escrita deve acompanhar seu desenvolvimento cognitivo, linguístico e mesmo motor, para a manipulação dos instrumentos e suportes da escrita."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco