Edição V. 9, Ed. 44 - 24/11/2009

O futuro não chega nunca

Tinha por ele a afeição que se devota aos pais, mas não éramos sequer amigos – como um adolescente, ou menos que isso, poderia dizer-se amigo do pai de seus amigos? Tomado por turbulências interiores e fricções com o mundo, talvez ele sequer prestasse atenção em mim – ainda que queiram, meninos não mudam o voo de pássaros selvagens – mas ficou inscrito nos meus afetos e sua imagem resta indelével na minha memória.

Leia este artigo

Canto de viver e sonhar

(Ridimúin – Jangada aérea)

Leia este artigo

O conto da Microsoft

Em 2003, a Microsoft lançou mundialmente o projeto Parceiros na Aprendizagem, em que planejou e executou durante cinco anos uma série de iniciativas educacionais em diversos países do mundo. No Brasil, três programas formam o conjunto principal da atuação da empresa na educação pública brasileira: Aprendendo em Parceria (AP), Gestor Escolar e Tecnologia (GET) e Aluno Monitor (AM), este último o principal dos programas em execução até hoje no país. Ele promove a formação dos alunos em conceitos básicos de tecnologia a partir do conceito da multiplicação de conhecimentos para educadores e alunos. O primeiro estado que aderiu à iniciativa foi a Paraíba, em 2004, exemplo seguido por Goiás, Pernambuco, São Paulo e que tem atualmente 67 outras parcerias, entre elas secretarias de Educação municipais e estaduais, além de organizações não-governamentais (Ongs).

Leia este artigo

O que significa avaliar alguém no ensino superior?

Venho colaborando há algumas semanas com artigos para esta revista de educação, mas até então não tinha tratado diretamente de experiências no interior da sala de aula. Quero, com este texto, por meio de uma experiência pessoal de docência em uma universidade pública, suscitar uma reflexão sobre as condições de muitas universidades no Brasil e problematizar o sentido de sua própria denominação como “universidade”.

Leia este artigo

A flacidez das notícias: um trabalho sobre a ética e seriedade do jornalismo

Hoje em dia, ao abrirmos o jornal ou darmos uma navegada por determinados sites de notícias na internet, é difícil identificar o que pode realmente ser considerado notícia e o que é encheção de lingüiça. Boa parte dos cadernos dedicados à cultura foi transformada em publicação de mexericos sobre a vida de celebridades, em que discussões acerca dos rumos da arte contemporânea têm importância secundária diante de acontecimentos relevantes como o fato de a apresentadora A não estar mais com o cantor B, de a modelo C ter ficado de pileque na festa da promoter D e de a atriz E ter escolhido o homem-aranha como tema da festa de aniversário de seu filho, F. O problema não são as fofocas em si, mas sim o espaço que elas vêm ganhando na mídia, tomando lugar das notícias que podem fazer alguma diferença, provocar uma reflexão, uma atitude, uma mudança em nossas vidas.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Atenção: Submissão de artigos

Prezados autores, prezadas autoras,
estamos realizando uma atualização de nosso sistema editorial. Por isso, a revista Educação Pública não estará temporariamente recebendo novos trabalhos para publicação. Vale ressaltar que os artigos já recebidos estão em processo de avaliação e, se selecionados, serão publicados.

Quando o sistema voltar a funcionar normalmente - o que esperamos que aconteça muito em breve - retomaremos o processo de submissão de novos trabalhos que tratem de temas ou relatem experiências relevantes para a Educação Básica no Brasil.

14/10 a 18/12 | Festival do Filme Científico

De 14 de outubro a 18 de dezembro, o Brasil recebe a segunda edição do Science Film Festival, festival de cinema dedicado à promoção da ciência e da educação científica por meio do audiovisual. O tema deste ano é sustentabilidade e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) – a seleção de filmes voltados a professores, estudantes e público geral aborda questões que duramente afetam o planeta hoje, como mudanças climáticas, biodiversidade, inovação e tecnologia, energias limpas, entre outras. No Brasil, a mostra traz 14 vídeos de países como Tailândia, Alemanha, Chile e Canadá, todos dublados ou legendados para o português brasileiro, destinados a crianças e adolescentes.

site do evento

17 a 20/11 | XI Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de História

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco