Edição V. 11, Ed. 33 - 23/08/2011

Mario Lago

Tendo nascido em 26 de novembro de 1911 e vivido até 30 de maio de 2002, Mário Lago dizia a todos que chegaria aos 100 anos – e chegou. No ano do centenário de seu nascimento, somos nós os presenteados com o site oficial www.mariolago.com.br, lançado em agosto de 2011 e que faz parte do projeto Mário Lago, Homem do Século XX, organizado por dois Mários Lagos, o Filho e o Neto, entre outros.

Leia este artigo

Observando o céu: As constelações

A informação hoje nos bombardeia a todo momento, está por toda parte. Assim, se queremos descobrir algo sobre o céu ou o universo, a internet poderá nos ajudar muito.

Leia este artigo

Língua, usos e ensino: a abordagem da variação linguística no Enem

Durante décadas, o ensino de Língua Portuguesa esteve centrado predominantemente na abordagem da Gramática Normativa. Com base nesse enfoque, a prática docente dessa disciplina voltou-se para a abordagem das variantes formais (o padrão culto da língua), que constituía o dialeto de prestígio. Contudo, a partir da década de 1980, ocorreram diversas modificações (oriundas dos estudos da Linguística Contemporânea) no ensino de língua. Dentre essas alterações, podemos citar a mudança na concepção de língua, que passa a ser concebida em uma perspectiva de plasticidade, isto é, a língua em sua multiplicidade de usos. Com isso, surge “uma nova visão, que reconhece a diversidade do português em diversos níveis” (Cardoso, 2003, p. 27). Essa nova perspectiva tem sido adotada em diversos processos seletivos, como é o caso do Enem.

Leia este artigo

Contradições em Montaigne

Montaigne inicia os Ensaios seguindo o modelo tradicional da exemplaridade: reunindo casos, citações e máximas, um modo de escrita usado desde a tardia Antiguidade e na Idade Média e do qual muito se serviu o humanismo no século XVI. Mas os exemplos reunidos por Montaigne se destacam por certa ruptura. Enquanto o uso antigo acumulava casos convergentes, a fim de resultar em uma prova coerente, Montaigne se empenha em desenvolver o oposto: seus exemplos se contradizem entre si, demonstrando antes a variabilidade imprevisível dos casos, a fim de desmentir pretensas verdades e mostrar o caráter contraditório delas.

Leia este artigo

No trono da verdade

A Escolástica foi uma tentativa de unir a Teologia ao pensamento dos filósofos clássicos – principalmente Platão e Aristóteles – feita pelas escolas eclesiásticas e universidades europeias, principalmente entre os séculos IX e XVII. Os escolásticos pretendiam dar embasamento filosófico às verdades reveladas nas Sagradas Escrituras e em outros dogmas cristãos. Naquela época, a mensagem do cristianismo, cada vez mais crescente, pregava a igualdade entre os homens. Tal mudança de mentalidade teve como característica a universalização do cristianismo, facilitado pelo aprendizado da língua grega pelos diversos povos, como judeus, cristãos e palestinos. Tal processo é apenas o ponto alto da expansão desse idioma. Bem antes disso, porém, entre o terceiro e o primeiro século a. C., em Alexandria, foi feita a “Versão do 70”, como ficou conhecida a tradução da Bíblia hebraica para o grego, realizada por setenta e dois rabinos considerados sábios.

Leia este artigo

Seminário Caminhos para uma Educação Democrática: Lei 10.639/03 foi sucesso no Rio de Janeiro

No dia 12 de agosto, o auditório do Palácio Gustavo Capanema, do MEC, no Centro do Rio de Janeiro, recebeu professores, representantes da Petrobras e da Secretaria de Educação (Seeduc) no seminário Caminhos para uma Educação Democrática – Lei 10.639/03. O evento, realizado pelo Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP), era voltado para docentes dos Ensinos Médio e Fundamental, a fim de desenvolver o tema do Concurso de Redação 2011: Luiza Mahin: uma rainha africana no Brasil e refletir sobre a Lei 10.639/03, que institui o ensino das histórias da África e da Cultura Afro-brasileira nas escolas do País.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pandemia e Educação na imprensa

26/10 Educadora defende a inclusão da aprendizagem colaborativa na formação escolar

Leia aqui


15/09 Precursor e de contribuição "incomparável": como acadêmicos estrangeiros enxergam Paulo Freire

Leia aqui


31/08 Entre as principais medidas para enfrentar a crise, escolas disponibilizaram materiais pedagógicos impressos, e criaram grupos em aplicativos e redes sociais para facilitar a comunicação

Leia aqui

Seção Divulgação Científica

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Célestin Freinet

"A democracia de amanhã se prepara na democracia da escola."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco