Edição V. 11, Ed. 44 - 08/11/2011

A filosofia popular sobre a morte

Quando eu era criança, velório era um acontecimento.

Leia este artigo

Ver as horas

O jovem passando por mim, suarento:

Leia este artigo

Cristo Redentor, agora em cores

O Cristo branco em contraste com o céu azul do Rio de Janeiro, sobre as montanhas azuladas e verdes. É mesmo uma redenção do dia a dia, um resgate da beleza que a gente se esquece de notar enquanto cuida da vida. Mas que me perdoem todos os leitores que esperavam apenas doces imagens – quando a noite baixa na cidade, a estátua octogenária recebe dos refletores uma paleta de cores que vai do branco ao roxo sem nenhuma harmonia estética. É olhar para cima e ver uma tentativa de transformar a maravilha carioca numa espécie de monstro japonês, que vai ficando verde, azul, roxo... Parece que vai sair da ponta do Corcovado e atirar raios laser contra os prédios que circundam a Lagoa Rodrigo de Freitas. Já não bastassem as milícias e os traficantes, ainda teríamos que lidar com brigas entre o Redentor e Ultraman ou Godzilla.

Leia este artigo

FOME E POBRES: Alguns apontamentos

A exclusão social é um processo histórico, produto do modelo econômico excludente; o Brasil e o mundo produzem fome, se tomarmos por base dados amplamente divulgados. E, para o restante da sociedade, os grupos excluídos são invisíveis.

Leia este artigo

Traçando o perfil dos alunos

Noutro dia, conversando com duas amigas, me vi unindo lazer e afazer. Num misto de boas risadas e vários questionamentos, lá estava eu num bate-papo informal, mas diante de um prato cheio de bons assuntos a serem explorados. Afinal, éramos duas professoras, eu e muitas coisas em comum.

Leia este artigo

Uma alegria triste

Foi quando eu vi aquela entrevista com Gilles Deleuze para Claire Parnet, se não me falha a memória. Era uma espécie de abecedário. A ideia era simples: cada letra, um tópico para que o filósofo pudesse discorrer. As entrevistas foram concedidas entre 1988 e 1989. É considerado, por quase todo mundo que gosta de Deleuze, como uma espécie de testamento. Uma longa entrevista na qual o pensador francês mistura memória e confissões pessoais com a fina flor do rigor conceitual de um pensamento de fronteira, entre poesia e filosofia.

Leia este artigo

Atenção: Submissão de trabalhos

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco