Edição V. 12, Ed. 1 - 03/01/2012

Cenas cotidianas de racismo no Brasil

Nós, brasileiros, vivemos dizendo aos quatro cantos que nosso país não é racista, que somos todos descendentes de negros, brancos e índios. São sentenças comuns de escutarmos por aí. O fato de sermos a terra do samba, do futebol e da feijoada reforça ainda mais a ideia de que moramos em um lugar onde, de fato, a democracia racial existe. Tal discurso funciona bem na teoria. Na prática, porém, se tivermos um olhar mais atento para algumas cenas do cotidiano, que muitas vezes passam despercebidas aos nossos olhos – seja pelo costume ou por acontecerem em forma de “brincadeira” – é fácil perceber que essa tão aclamada convivência pacífica entre as raças não é tão harmônica assim.

Leia este artigo

Meandros do entremeio com o vaqueiro Mariano de Guimarães Rosa

Umas palavras intensas, diferentes, abrem de espaços a vastidão onde o real furta à fábula.

Leia este artigo

O que é ser solidário?

Em resposta a uma ética da exclusão, estamos todos desafiados a praticar uma ética da solidariedade. Assim pensava Herbert José de Souza, o sociólogo Betinho. Ele, que foi um dos fundadores da Ação da Cidadania, foi se tornando, por meio de suas ideias e ações por uma sociedade melhor, também uma forte referência de humanidade e cidadania para muitos de nós.

Leia este artigo

Pierre Lévy e o poder da palavra na cibercultura

Em agosto de 2011, Pierre Lévy, filósofo e professor da Universidade de Quebec, esteve no Oi Futuro do Flamengo para falar sobre o poder da palavra na cibercultura. Entusiasta das possibilidades cognitivas da internet, Lévy é um importante pesquisador do mundo virtual e das relações de comunidades em rede desde o começo dos anos 1990, quando propôs o conceito de “inteligência coletiva” em um momento em que a internet comercial ainda engatinhava. Ele é uma referência, um estudioso cujas pesquisas ajudaram (e muito) no desenvolvimento de ferramentas fundamentais na web utilizadas por todos nós. É, ainda, autor de clássicos como Cibercultura e O que é o virtual?

Leia este artigo

O que é a Idade Média?

Não é novidade que as leituras do passado, feitas pelos homens de diferentes épocas, trazem cada uma conclusões das mais diversas possíveis. No caso da Idade Média, o interesse geral parece figurar no insólito, no exótico, no diferente, para o lado negativo – com a concepção de “idade das trevas” – ou para o positivo – associado ao lúdico, do qual o rei Artur é o grande exemplo. Aquilo que tanto se distancia do tempo presente e foi estigmatizado pelas sociedades imediatamente posteriores acabou perpetuando-se de alguma forma. Nesse sentido, a pergunta-título deste texto talvez seja apenas retórica, objetivando incutir uma reflexão sobre a imagem que temos hoje dos diferentes períodos da História. Não pretendemos definir aqui o que foi a Idade Média, mas ponderar um pouco sobre suas diferentes percepções ao longo do tempo e sua releitura feita a partir da Nova História.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pandemia e Educação na imprensa

26/10 Educadora defende a inclusão da aprendizagem colaborativa na formação escolar

Leia aqui


15/09 Precursor e de contribuição "incomparável": como acadêmicos estrangeiros enxergam Paulo Freire

Leia aqui


31/08 Entre as principais medidas para enfrentar a crise, escolas disponibilizaram materiais pedagógicos impressos, e criaram grupos em aplicativos e redes sociais para facilitar a comunicação

Leia aqui

Seção Divulgação Científica

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Célestin Freinet

"A democracia de amanhã se prepara na democracia da escola."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco