Edição V. 20, Ed. 31 - 18/08/2020

Experiência com sala de aula temática no Ensino Fundamental II em Alto do Rodrigues/RN

Instituição Escola

Uma escola municipal no Rio Grande do Norte experimentou organizar suas salas de acordo com a disciplina. Em entrevistas com professores e gestores, foram identificados pontos positivos e negativos da experiência. Mas é importante consultar toda a comunidade escolar para que a avaliação seja mais aprofundada e, eventualmente corrigida ou melhorada.

Leia este artigo

Análise do texto História da África: temas e questões para a sala de aula

Antropologia, História, Formação de Professores, Vivências de Sala de Aula, Política Cultural e Política Educacional

O presente trabalho é uma breve análise bibliográfica do texto História da África: temas e questões para a sala de aula, de Mônica Lima; aborda também algumas questões sobre a equivocada visão e a negação dos europeus em relação à história do continente africano, destacando alguns aspectos relevantes. Enfatiza a importância das temáticas variadas sugeridas para a sala de aula como ferramenta metodológica para desempenhar bom trabalho pedagógico.

Leia este artigo

Educação e autonomia

Formação de Professores e Vivências de Sala de Aula

Este artigo tem por objetivo propor uma análise acerca da educação e da autonomia que ela oferece aos indivíduos. Não há como pensar educação sem essa perspectiva, pois qualquer modelo educacional que não tenha essa característica foge ao caráter principal desse processo dinâmico. Este trabalho também visa fazer uma análise conceitual que oriente a não reproduzir velhos erros da educação bancária. O objetivo geral é enaltecer a importância do processo de ensino-aprendizagem voltado para a autonomia dos indivíduos. Como objetivos específicos estão: analisar as principais características da educação que reproduz a formação tecnicista; apresentar propostas que viabilizem a transformação do processo de ensino-aprendizagem; destacar elementos que enalteçam a formação dos indivíduos numa perspectiva cidadã. O trabalho foi desenvolvido com base em pesquisa bibliográfica e tem o compromisso de trazer ao ambiente acadêmico, escolar, profissional da educação e às pessoas que se interessem pelo tema uma reflexão crítica. A expectativa é de que proporcione, pelos dados levantados, uma releitura da realidade educacional e provoque discussões e novas iniciativas no campo da educação.

Leia este artigo

Avaliação do nível de satisfação do uso de jogos eletrônicos em sala de aula: um estudo de caso utilizando o software Kahoot!

Avaliação

Com os avanços tecnológicos, é cada vez mais comum a utilização de jogos eletrônicos por docentes de diversas áreas, com o intuito de tornar a aula lúdica e em consonância com novas tendências e tecnologias. A pergunta é se realmente o ambiente virtual de aprendizagem é eficaz e eficiente para a utilização em sala de aula. Para propor um caminho de resposta a essa indagação, o presente artigo tem a finalidade de avaliar a utilização do software Kahoot! do ponto de vista de estudantes de Ensino Médio em uma situação específica de sala de aula. Esse aplicativo é amplamente utilizado nas instituições públicas de ensino e é de fundamental importância atestar sua qualidade para continuar o seu emprego. Como metodologia de trabalho, este estudo utilizou a pesquisa de campo, baseada em um questionário de dez perguntas. Como resultado, o jogo digital obteve avaliação satisfatória na concepção dos estudantes, que o qualificaram positivamente em vários aspectos investigados.

Leia este artigo

Ensino na rede pública em tempos de pandemia: duas experiências docentes

Formação de Professores, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula e Língua Portuguesa e Literatura

Este trabalho tem como objetivo apresentar as ressignificações do processo de ensino em contexto de pandemia e como a experiência docente vem sendo (re)construída na rede pública; são dois relatos de experiência colhidos por professores atuantes em diferentes níveis da Educação Básica. São inúmeros os esforços de docentes que visam transformar a sala de aula virtual (na maior parte da vezes materializada em uma tela de celular ou uma folha de papel) em um ambiente menos tenso e frio, ainda que prevalecendo o isolamento social. O processo de adaptação, no entanto, tem sido árduo, tanto para alunos quanto para professores, especialmente por causa do aumento de casos de ansiedade e depressão e de limitações financeiras e tecnológicas enfrentadas por grande parte da população brasileira.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Atenção: Submissão de artigos

Prezados autores, prezadas autoras,
estamos realizando uma atualização de nosso sistema editorial. Por isso, a revista Educação Pública não estará temporariamente recebendo novos trabalhos para publicação. Vale ressaltar que os artigos já recebidos estão em processo de avaliação e, se selecionados, serão publicados.

Quando o sistema voltar a funcionar normalmente - o que esperamos que aconteça muito em breve - retomaremos o processo de submissão de novos trabalhos que tratem de temas ou relatem experiências relevantes para a Educação Básica no Brasil.

20/10 às 18h | Mulheres na EaD: partilhando experiências e realidades antes e durante a pandemia

14/10 a 18/12 | Festival do Filme Científico

De 14 de outubro a 18 de dezembro, o Brasil recebe a segunda edição do Science Film Festival, festival de cinema dedicado à promoção da ciência e da educação científica por meio do audiovisual. O tema deste ano é sustentabilidade e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) – a seleção de filmes voltados a professores, estudantes e público geral aborda questões que duramente afetam o planeta hoje, como mudanças climáticas, biodiversidade, inovação e tecnologia, energias limpas, entre outras. No Brasil, a mostra traz 14 vídeos de países como Tailândia, Alemanha, Chile e Canadá, todos dublados ou legendados para o português brasileiro, destinados a crianças e adolescentes.

site do evento

17 a 20/11 | XI Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de História

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco