Edição V. 8, Ed. 41 - 28/10/2008

Nota sobre Afinação da arte de chutar tampinhas

O conto Afinação da arte de chutar tampinhas foi publicado pela primeira vez em 1963, junto com sete contos e uma novela com os quais João Antônio estreou na literatura, naquela que talvez seja hoje sua obra mais conhecida: Malagueta, Perus e Bacanaço.

Leia este artigo

Quem disse que sonhos não começam em frente à TV?

Sempre que me lançam o clássico desafio de descrever o que a participação na oficina de vídeo Geração Futura representou para mim, sou muito convicto em afirmar que foi um divisor de águas. Indo um pouco adiante, a próxima questão é sempre o que mudou após ter vivido essa experiência. A resposta? Ela é objetiva e paradoxalmente dúbia: tudo mudou e, ao mesmo tempo, nada mudou. Como isso é possível? A velocidade dos acontecimentos me proporcionou um profundo amadurecimento, algumas rupturas, refinamento no olhar uma série de paradigmas nos quais eu acreditava. Por outro lado, posso afirmar que – na essência – continuo o mesmo: um jovem sonhador que acredita nos seus valores e que é insaciável na busca pelo que deseja alcançar.

Leia este artigo

A cebola a dialética o cozinheiro

Dentro de você, como premissa, é claro, tem um dentro onde tem uma ideia de dentro para alojar a ideia de que você tem um centro e agora são dois ou você ou a ideia, que isto se complica, pois precisaríamos de uma soma dois é número falso (aliás, o infinito é uma grande mentira...) Esse dentro, continuemos,

Leia este artigo

Karl Popper e a retirada da ciência do altar intocável

Com a Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra no século XVIII, outras revoluções aconteceram: revolução dos costumes, do pensamento, da ciência. Toda essa reviravolta ocorreu graças à aplicação em larga escala das novas técnicas provenientes do conhecimento científico, que impulsionou a humanidade de forma nunca antes vista. Tal avanço científico fez com que a ciência passasse a ser supervalorizada. Só tinha validade o que era científico.

Leia este artigo

Alma Carioca

O site Alma carioca, logo na apresentação mostra o despojamento que faz jus ao nome: convida o leitor a se sentir como se estivesse em um bar, puxar a cadeira, bater um papo e tomar um chope. Também não poderia ser diferente, já que o intuito é partilhar “o amor ao Rio, suas belezas, a generosidade, o bom-humor, o jogo-de-cintura, a musicalidade e tudo enfim que a carioquice tem de bom”. Depois desse amistoso texto, já ficamos bem à vontade, prontos para iniciar uma deliciosa viagem no tempo e no espaço da Cidade Maravilhosa.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Atenção: Submissão de artigos

Prezados autores, prezadas autoras,
estamos realizando uma atualização de nosso sistema editorial. Por isso, a revista Educação Pública não estará temporariamente recebendo novos trabalhos para publicação. Vale ressaltar que os artigos já recebidos estão em processo de avaliação e, se selecionados, serão publicados.

Quando o sistema voltar a funcionar normalmente - o que esperamos que aconteça muito em breve - retomaremos o processo de submissão de novos trabalhos que tratem de temas ou relatem experiências relevantes para a Educação Básica no Brasil.

20/10 às 18h | Mulheres na EaD: partilhando experiências e realidades antes e durante a pandemia

14/10 a 18/12 | Festival do Filme Científico

De 14 de outubro a 18 de dezembro, o Brasil recebe a segunda edição do Science Film Festival, festival de cinema dedicado à promoção da ciência e da educação científica por meio do audiovisual. O tema deste ano é sustentabilidade e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) – a seleção de filmes voltados a professores, estudantes e público geral aborda questões que duramente afetam o planeta hoje, como mudanças climáticas, biodiversidade, inovação e tecnologia, energias limpas, entre outras. No Brasil, a mostra traz 14 vídeos de países como Tailândia, Alemanha, Chile e Canadá, todos dublados ou legendados para o português brasileiro, destinados a crianças e adolescentes.

site do evento

17 a 20/11 | XI Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de História

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco