Edição V. 21, Ed. 2 - 19/01/2021

Situações-problema nos anos iniciais: adaptação de pequeno porte e implicações na aprendizagem

Matemática, Educação Especial e Inclusiva, Educação Infantil, Instituição Escola e Vivências de Sala de Aula

O presente trabalho consiste num relato de experiência sobre prática pedagógica em Matemática com alunos que apresentavam dificuldades de aprendizagem numa escola pública periférica da cidade do Rio de Janeiro, em turma de 5º ano do Ensino Fundamental. A área temática envolve a ludicidade no ensino da Matemática, em que se busca refletir sobre a necessidade e importância do trabalho com jogos durante a resolução de situações-problema, tendo como objetivo levantar, por meio de pesquisa bibliográfica, a importância da resolução de situações-problema contextualizadas na escola e observar a metodologia lúdica enquanto disparadora de situações motivadoras e inclusivas para a aprendizagem significativa em Matemática.

Leia este artigo

A organização do espaço e o fazer pedagógico nos berçários de Paranaguá, no litoral do Paraná

Educação Infantil

Esta pesquisa visa compreender como a organização do espaço contribui para o fazer pedagógico nos berçários do Município de Paranaguá. Sabemos da importância dos cuidados e da educação no processo de desenvolvimento dos bebês, assim como sua adaptação, valorização e atenção especial; nesse sentido, a busca por compreender como se dá o fazer pedagógico por meio da organização do ambiente no berçário nos motivou. Para isso tivemos como metodologia a pesquisa bibliográfica e a de campo, que foi realizada em três instituições de Educação Infantil somente nas turmas de berçário; tivemos como instrumentos de coleta de dados a observação do cotidiano das turmas e a fotografia dos espaços.

Leia este artigo

Produção científica como ferramenta relevante para alunos do Ensino Médio da rede pública

Biologia e Biociências, Química, Avaliação e Vivências de Sala de Aula

Pensando no atual cenário da escola e no papel que ela pode representar para a vida do jovem do século XXI, o presente trabalho caracteriza-se como uma proposta de experimentação prática da aprendizagem. Realizada na Faculdade Santa Marcelina – Unidade Muriaé/MG (Fasm), o projeto teve o envolvimento de 30 alunos do Ensino Médio da rede pública, oito graduandos em Ciências Biológicas da Fasm e dois professores. Onze trabalhos foram desenvolvidos e ao final apresentados em um encontro de iniciação científica. Os resultados indicaram que o uso da produção acadêmica se mostrou uma proposta efetiva, proporcionando um processo de reflexão em torno das práticas na vida escolar.

Leia este artigo

Abordagem do tema controverso energia nuclear/radioatividade em sala de aula

Física

A ciência e a tecnologia (C&T) têm papéis relevantes no desenvolvimento econômico, cultural e social do mundo contemporâneo. Nas escolas, na maioria das vezes, tal relação é apresentada em suas partes distintas ou especializadas, e isso vem sendo alvo de muitos questionamentos quanto aos procedimentos metodológicos adotados para o desenvolvimento dos conteúdos e dos conceitos com os estudantes. Diante de tais questionamentos, os professores devem propor encaminhamentos metodológicos que enfatizem a interdisciplinaridade e a contextualização, e estimulem a problematização e a tomada de decisões.

Leia este artigo

Desatenção do aluno ou desestímulo docente? A visão do gestor sobre o rendimento escolar

Formação de Professores, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

Este estudo visa revelar e discutir como as implicações do desinteresse pela aprendizagem dos educandos afeta direta e/ou indiretamente sua aprendizagem, bem como as consequências desse desestimulo em meio educacional, especificamente entre as relações estabelecidas entre professor e alunos. Busca argumentar sobre pressuposições assertivas que conferem às entrelinhas dos resultados do Ideb divulgados pelo Inep, em 2007. A metodologia adotada foi a quali-quantitativa, tendo como aspecto prático a pesquisa de campo. O estudo infere a necessidade de ampliar a discussão acerca do desinteresse discente e a investigação de práticas pedagógicas que se apresentem contraproducentes.

Leia este artigo

Bingo! em sala de aula: ensino de História do Maranhão a partir de um recurso pedagógico

História e Vivências de Sala de Aula

Conhecer a história do lugar onde se vive é de fundamental importância para a construção da identidade e da consciência históricas, assim como para o engendramento do sentimento de pertença em relação a esse lugar. Inicio o presente texto com essa máxima para lançar luz sobre a responsabilidade que todos os professores de História devem tomar para si no exercício das suas atribuições: a de contemplar não só os temas elencados no livro didático de História, mas também assuntos ligados à realidade mais concreta dos alunos, a exemplo da história do estado, da cidade ou até mesmo do bairro em que eles vivem. No caso específico, o ponto de interesse está apontado para a História do Maranhão.

Leia este artigo

Projeto político-pedagógico da escola pública brasileira: um leque de possibilidades abertas ou fechadas?

Instituição Escola e Política Educacional

Tratar do projeto político-pedagógico (PPP) de uma instituição de ensino requer análise de seu acesso e aplicabilidade, pois é um documento democrático, mas que pode ser privado da apreciação pelos integrantes da comunidade escolar, devido à falta de conscientização acerca das formas com que se pode acessá-lo, apropriar-se e aprimorá-lo; cabe à gestão escolar retirar a “blindagem” que guarda o PPP em gavetas e realmente disponibilizá-lo como meio principal de conscientização e emancipação escolar. Objetiva-se apresentar aspectos relacionados à constituição do PPP em uma comunidade escolar e suas mais diversas atribuições no sistema educacional escolar. Nosso método de pesquisa centra-se em apontamentos de natureza qualitativa, por meio de pesquisa bibliográfica.

Leia este artigo

A contribuição da Educação Científica para a promoção da Educação em Saúde

Saúde, Biologia e Biociências, Formação de Professores e Instituição Escola

A Educação Científica e a Educação em Saúde são conceituadas como aplicações de distintos saberes relacionados ao desenvolvimento do ser humano. Dessa maneira, a escola é a fonte essencial para o conhecimento comum e para a integração com a comunidade. Por essa razão, é necessário que o educador seja um facilitador do conhecimento, pois deve fazer com que os discentes se apropriem do conhecimento cientifico. Nessa perspectiva, o presente trabalho ressalta a contribuição da Educação Científica para a promoção da Educação em Saúde. Para a realização deste trabalho foi realizado um estudo bibliográfico em artigos científicos de 1990 a 2016 encontrados nas bases de dados SciELO e Google Acadêmico e em alguns capítulos de livros.

Leia este artigo

Efeito estufa x aquecimento global: percepção dos alunos e uso de simulador para elucidar tais conceitos

Ecologia e Meio Ambiente, Computação e Tecnologias e Vivências de Sala de Aula

Efeito estufa é o processo natural e vital no decorrer do qual a atmosfera terrestre aprisiona o calor dos raios solares, por meio de gases chamados de gases estufa, e mantém a Terra em temperatura constante. Porém, um conceito equivocado de efeito estufa vem sendo difundido, apresentando-o como sinônimo de aquecimento global; como um processo prejudicial e destrutivo. Este trabalho visou esclarecer tal conceito por meio do uso de um simulador em uma aula de Biologia das turmas da segunda série do Ensino Médio do Colégio Estadual Maria Leny Vieira Ferreira Silva, no município de São José de Ubá/RJ. Paralelamente, um questionário foi empregado antes e depois da exposição do simulador, visando constatar a (in)eficiência da aplicação desse recurso didático como facilitador de aprendizagem.

Leia este artigo

I Colóquio Faetec de Professores Pesquisadores

Estão abertas também chamadas para submissão de proposta de mesa redonda e para coordenador de vídeo pôster (24) e coordenador de comunicação oral (24), nas seguintes áreas de conhecimento: Ciências Exatas e da Terra; Ciências Biológicas; Engenharias; Ciências da Saúde; Ciências Agrárias; Ciências Sociais Aplicadas; Ciências Humanas; Linguística, Letras e Artes.

O prazo de inscrição é até 31 de março, por meio do site: www.coloquiofaetec.com.br

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Magda Soares

"Para a criança, a complexa aprendizagem da língua escrita deve acompanhar seu desenvolvimento cognitivo, linguístico e mesmo motor, para a manipulação dos instrumentos e suportes da escrita."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco