Edição V. 20, Ed. 36 - 22/09/2020

Análise da correlação entre a média de alunos por turma na taxa de rendimento de alunos nas escolas públicas de ensino médio no Município do Rio de Janeiro

Avaliação

A Educação tem sido tema recorrente de vários tipos de pesquisa acadêmica, pois ao longo dos anos percebeu-se a necessidade de melhorar a gestão das instituições de ensino. A Constituição Federal de 1988 determina que a Educação seja um direito social garantido a todos os brasileiros. Em relação à organização, é descrito que os municípios atuarão prioritariamente no Ensino Fundamental e na Educação Infantil, os estados atuarão prioritariamente no Ensino Fundamental e Médio. Vale destacar que o ensino é livre à iniciativa privada, mediante a aprovação e avaliação da qualidade pelo Estado.

Leia este artigo

Aquisição da língua inglesa: aprender e brincar ou brincar e aprender?

Educação Infantil e Formação de Professores

O uso da língua inglesa, por ser uma língua atrelada à globalização, tem afetado cada vez mais a vida dos adultos e, consequentemente, a das crianças. Na atualidade, os brinquedos e jogos destinados aos pequenos têm origem e/ou descendência do inglês ou da língua inglesa, seja no nome ou nos termos deles. Assim, as crianças acabam crescendo influenciadas por uma língua estrangeira que adentra a infância por meio de filmes, propagandas, jogos, brinquedos, músicas ou mesmo pelos próprios pais, como forma de aquisição de uma nova cultura.

Leia este artigo

Análise dos livros didáticos de Ciências e o enfoque CTS: mapeando os elementos da Natureza da Ciência na Coleção Teláris

Vivências de Sala de Aula

Este artigo apresenta uma análise dos livros didáticos utilizados nos anos finais do Ensino Fundamental no município de Ouro Branco/MG. Foram analisados quatro volumes da Coleção Teláris, aprovada pelo PNLD e utilizada no ensino de Ciências. O objetivo foi analisar a presença dos pressupostos do enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) para a dimensão da natureza da ciência nesses livros didáticos. Nesse sentido, o estudo teve o intuito de responder à seguinte questão norteadora: os livros didáticos de Ciências dos anos finais do Ensino Fundamental (Coleção Teláris – 6º ao 9º ano) utilizados no município de Ouro Branco/MG contemplam o elemento da Natureza da Ciência no enfoque CTS? A principal metodologia adotada foi a pesquisa documental, descritiva quanto aos fins e qualitativa quanto à abordagem. Os resultados mostraram forte evidência da categoria contextualização (59,1%) e da Natureza da Ciência (27,98%), o que demonstra a interconexão da ciência com sociedade e tecnologia. O estudo mostra a importância do livro didático e da abordagem CTS para o currículo de ciências, contribuindo para a formação de cidadãos capazes de utilizar o conhecimento em prol da sociedade, como agentes de mudanças.

Leia este artigo

O adoecimento do professor da Educação Básica no Brasil: apontamentos da última década de pesquisas

Saúde, Psicologia, Formação de Professores, Instituição Escola, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

O adoecimento de docente na Educação Básica brasileira se constitui como uma problemática que atinge o profissional, a escola e a sociedade. O objetivo deste estudo foi investigar os sinais e tipos de adoecimentos mentais que caracterizam o sofrimento dos professores da Educação Básica no Brasil e seus fatores associados. Foi então realizada uma revisão sistemática da literatura nas bases do SciELO, BVS e Lilacs, com estudos empíricos brasileiros de 2009 a 2019 que selecionou 25 estudos, indicando a depressão e ansiedade como os principais adoecimentos apontados pelas pesquisas. Apontou condições precárias de trabalho, sobrecargas, falta de apoio social, más gestões e implementações de políticas de apoio, problemas comportamentais dos alunos e violência escolar como os principais fatores associados ao sofrimento docente.

Leia este artigo

Disco da afetividade: abordando a inteligência emocional no processo de ensino aprendizagem sob reflexão discente

Psicologia e Formação de Professores

Aspectos afetivos e cognitivos acontecem juntos no desenvolvimento do aluno; então conhecer a bagagem social e emocional de cada aluno é importante para a sociabilização e o enfoque no processo de ensino-aprendizagem. O sucesso na busca de conhecimento está intimamente ligado à inteligência emocional; desenvolvê-la na escola é estabelecer subsídios de qualidade para o processo de aprendizagem. Este estudo consistiu na aplicação de uma atividade para desenvolvimento de habilidades socioemocionais com oito turmas de séries finais do Ensino Fundamental de uma escola pública, totalizando 191 alunos envolvidos, que receberam um disco da afetividade com oito partes, em cada uma constava uma atitude de cunho social e emocional; os educandos refletiam sobre cada uma e pintavam de acordo com a intensidade com que desenvolviam tais ações no seu dia a dia, a partir dos dados tabulados por turmas em geral podemos constatar que mais de 50% das respostas foram vermelhas (nunca) e amarelas (às vezes), mostrando a necessidade urgente da abordagem emocional em sala de aula; as turmas que mais possuíam partes verdes (sempre) foram os sextos anos. A partir de dados afetivos, o professor conhece melhor seu aluno no individual e no contexto da turma e pode estabelecer critérios e atividades para desenvolver habilidades socioemocionais no âmbito escolar, contribuindo para a formação de um cidadão sociável, ético e colaborativo em sociedade.

Leia este artigo

Uma pesquisa bibliográfica sobre figuras de linguagem no Sermão da Sexagésima, do padre Antônio Vieira

Língua Portuguesa e Literatura

No século XVII, o Padre Antônio Vieira pregou o Sermão da Sexagésima no Brasil. Poderia ser mais um sermão, como qualquer outro; porém, sua forma de pensar o discurso tornava este uma obra de arte cheia de figuras de linguagem, fazendo um texto esteticamente instigante para os ouvintes e leitores de sua obra.

Leia este artigo

O romance O Cortiço, de Aluísio Azevedo, e os cortiços de hoje: reconhecendo as segregações socioespaciais na área da Lapa /RJ, por meio do trabalho de campo em Geografia

Geografia e Língua Portuguesa e Literatura

O trabalho de campo aqui apresentado nasce da ideia de aliarmos Geografia e Literatura, por meio do romance O Cortiço, de Aluísio Azevedo. Esse romance foi lançado pela primeira vez em 1890, e em sintonia com a doutrina naturalista, escola literária que nasceu na França e que buscava denunciar os fatos reais da sociedade, logo inspirando Azevedo, sendo esse o mais importante escritor naturalista aqui do Brasil.

Leia este artigo

Reuniões virtuais do grupo de pesquisa em Etnomatemática e Etnociência da UFRRJ em tempos de pandemia: um relato de experiência

Matemática, Educação a Distância, Formação de Professores e Vivências de Sala de Aula

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) no ano de 2020, o Grupo de Estudos e Pesquisas em Etnociências e Etnomatemática (GEtCiMat) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) decidiu manter suas reuniões por meio de videoconferência, a fim de dar continuidade aos trabalhos, realizar discussões sobre o tema do grupo de pesquisa e compartilhar informações e experiências. Durante esse momento de confinamento momentâneo, juntamente com as incertezas causadas pela pandemia, buscaram-se tecnologias que pudessem estabelecer, de alguma forma, o contato e as discussões que eram rotineiras e anteriores ao distanciamento social. Dessa forma, foi adotado o uso de tecnologias digitais, como WhatsApp, com a finalidade de manter o contato entre os membros de forma assíncrona, e o Skype, destinado às reuniões através de videoconferência síncrona. O objetivo deste texto é relatar de forma cronológica o início da experiência do GEtCiMat com o uso de tais tecnologias de telecomunicação informatizada para a manutenção das discussões, entre elas: currículo, pesquisa em Etnomatemática em andamento e desenvolvidas pelos mestrandos, dificuldades com as práticas em sala de aula no âmbito da Etnomatemática e a partir do ponto de vista dos membros participantes. Conclui-se que houve êxito com a experiência de debate e reflexão sobre os diversos temas através do uso das tecnologias de comunicação síncronas e assíncronas, em especial com a elaboração colaborativa deste relato de experiência.

Leia este artigo

Arte, cultura e divulgação científica nas aulas virtuais de Química e Biologia em tempos de pandemia

Ecologia e Meio Ambiente, Química e Educação a Distância

Em tempos de isolamento social, a escola se abriu para o mundo e as tecnologias digitais de informação e comunicação (TIC) passaram a fazer parte do novo contexto de ensino-aprendizagem, porque, apesar de a tecnologia impregnar de sentido nosso estar no mundo, a escola até então não estava apartada dessa impregnação (Silva; Monteiro; Acioly, 2020). Novas oportunidades e desafios se debruçaram sobre os professores. A escola se viu forçada a adotar novas formas de ações educativas e metodológicas, apropriando-se de ferramentas digitais, ressignificando o processo pedagógico.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Atenção: Submissão de artigos

Prezados autores, prezadas autoras,
estamos realizando uma atualização de nosso sistema editorial. Por isso, a revista Educação Pública não estará temporariamente recebendo novos trabalhos para publicação. Vale ressaltar que os artigos já recebidos estão em processo de avaliação e, se selecionados, serão publicados.

Quando o sistema voltar a funcionar normalmente - o que esperamos que aconteça muito em breve - retomaremos o processo de submissão de novos trabalhos que tratem de temas ou relatem experiências relevantes para a Educação Básica no Brasil.

14/10 a 18/12 | Festival do Filme Científico

De 14 de outubro a 18 de dezembro, o Brasil recebe a segunda edição do Science Film Festival, festival de cinema dedicado à promoção da ciência e da educação científica por meio do audiovisual. O tema deste ano é sustentabilidade e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) – a seleção de filmes voltados a professores, estudantes e público geral aborda questões que duramente afetam o planeta hoje, como mudanças climáticas, biodiversidade, inovação e tecnologia, energias limpas, entre outras. No Brasil, a mostra traz 14 vídeos de países como Tailândia, Alemanha, Chile e Canadá, todos dublados ou legendados para o português brasileiro, destinados a crianças e adolescentes.

site do evento

17 a 20/11 | XI Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de História

Educação: Tem o poder de transformar

O Centro de Estudos “O bem viver e a resiliência dos povos indígenas no cuidado com a Amazônia" recebeu os representantes dos povos indígenas
- Iolanda Pereira da Silva, do Povo Macuxi;
- Michel Oliveira Baré Tikuna, do Povo Baré e Tikuna;
- e o procurador da República Marco Antônio Delfino de Almeida;
- e o coordenador do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental, Marcos Wesley de Oliveira.

Veja o video

Caminho para a liberdade

"A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele."
Hannah Arendt (1906-1975).

Educadores brasileiros

Dermeval Saviani

"A educação é uma atividade que supõe a heterogeneidade no ponto de partida e a homogeneidade no ponto de chegada."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco