Edição V. 21, Ed. 19 - 25/05/2021

O pesquisador-tecnologista da Educação Básica e Superior do Distrito Federal: caminhos para sua consolidação

Sociologia, Avaliação, Educação a Distância, Educação Especial e Inclusiva, Educação Infantil, História da Educação, Instituição Escola e Política Educacional

O argumento central a ser estudado no presente trabalho visa contribuir com as discussões em relação à organização das carreiras pelos órgãos governamentais no âmbito da educação escolar, bem como a imperiosa necessidade de se promover o reconhecimento desses profissionais e contribuir para a consolidação de uma carreira de pesquisador-tecnológico de modo a contemplar as atividades de controle governamental na educação básica e superior das esferas governamentais.

Leia este artigo

Cinema e Educação: dialogicidade na programação e exibição de filmes em sala de aula

Vivências de Sala de Aula e Cinema, Teatro e TV

Este trabalho tem como escopo analisar o processo de dialogicidade entre educadores-educandos e educandos-educadores para o processo de inserção de filmes e documentários em sala de aula, como espectadores e como produtores. A pesquisa baseou-se em uma perspectiva bibliográfica, com base em artigos científicos e livros que trabalham a temática, tendo como fonte principal a Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire. A bibliografia traz como relevância o aspecto conscientizador e emancipador da utilização dos filmes e documentários em sala de aula, sendo uma linguagem mais acessível a todos e a todas.

Leia este artigo

“Por detrás da cortina”: reflexões sobre as políticas educacionais da Língua Brasileira de Sinais no contexto escolar

Educação Especial e Inclusiva e Política Educacional

Nos últimos tempos, tem crescido o número de alunos com alguma deficiência – em particular de surdos – nas salas de aula que se encontram despreparadas para recebê-los. O objetivo desta pesquisa foi analisar a efetividade das políticas públicas educacionais e seus reflexos na educação de alunos surdos. Foi possível observar que, apesar de os documentos oficiais serem específicos quanto à inserção da Libras na formação de professores e sua inserção no ambiente escolar como prática integradora, muitas escolas ainda não conseguiram se encaixar nesse eixo.

Leia este artigo

Relato de experiência do Estágio Supervisionado I: Educação Física no contexto de pandemia da covid-19

Vivências de Sala de Aula

O curso de Educação Física da UEPA se organiza em quatro estágios supervisionados; o primeiro visa a Educação Básica da rede pública de ensino, nas modalidades de Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental. A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) apresenta como eixos estruturantes das práticas pedagógicas e das competências gerais da Educação Básica os direitos de aprendizagem e desenvolvimento para que as crianças possam desempenhar papel ativo em ambientes que as convidem a vivenciar desafios e a sentirem-se provocadas a resolvê-los.

Leia este artigo

Contextos lúdicos: o sentido real de aprender brincando

Educação Infantil

O presente artigo refere-se ao tema brincadeiras infantis e suas contribuições e substancialidade para o processo de aprendizagem da criança na Educação Infantil, envolvendo questões que abrangem o cotidiano das crianças, como: brincadeiras, jogos e práticas lúdicas, enfim, busca compreender a magnitude das ações lúdicas no processo de aprendizagem efetivo e significativo. Questionam-se quais as reais funções e importância do brincar para o desenvolvimento social e aprendizagem da criança na Educação Infantil. Justifica-se a pesquisa, partindo do pressuposto de que as brincadeiras e jogos são ações de grande relevância para a infância, em que a criança se descobre e desenvolve habilidades e competências.

Leia este artigo

Práticas educacionais na formação inicial do pedagogo baseadas na arte de dobrar papel

Matemática, Formação de Professores e Vivências de Sala de Aula

Este artigo relata a experiência do estudo de caso de nove discentes dos Cursos de Graduação em Pedagogia da UFF em Niterói e do Instituto do Noroeste Fluminense de Educação Superior (Infes) em Santo Antônio de Pádua. Buscou-se analisar as maiores dificuldades encontradas pelos alunos nos conteúdos de Matemática que devem ser ensinados pelos pedagogos, assim como as possíveis contribuições do origami como recurso para o ensino da Matemática na formação inicial do pedagogo. Por meio de um curso de extensão, utilizou-se uma cartilha didática autoral contendo quatro unidades de ensino: Geometria Plana; Geometria Espacial; fração; curiosidades no tangram utilizando o origami.

Leia este artigo

Palavreando a Genética: uma atividade lúdica no ensino de Biologia

Biologia e Biociências

O professor é constantemente desafiado a tornar as aulas de Biologia mais cativantes e lúdicas, promovendo com eficiência nos alunos a busca do conhecimento. Jogos lúdicos possuem como principais objetivos tornar o assunto mais dinâmico e descomplicado, levando à interação entre os discentes dentro de sala de aula. Nesse sentido, esta proposta metodológica possui como principal objetivo a construção e a abordagem de um jogo envolvendo como tema central a Genética, área fascinante, porém ainda muito temida pelos alunos por conter termos e processos complexos e desafiadores. Neste jogo, os alunos terão como objetivo montar frases corretas e com sentido a partir das palavras do escopo da Genética.

Leia este artigo

Evasão escolar: um problema que se perpetua na educação brasileira

Avaliação e Instituição Escola

Este trabalho pretende buscar informações consistentes que embasem as discussões sobre abandono e evasão escolar na Educação Básica para contribuir com a formação docente, propiciando um conhecimento mais profundo sobre a temática que se apresenta sob a forma de evasão do aluno da escola. O que se vê é que a evasão tem atravessado décadas, necessitando que o governo e a sociedade decidam em conjunto quais serão as medidas necessárias para que haja superação desse quadro.

Leia este artigo

A parceria entre Biologia e Astronomia, pelas mãos de tutora e aluna, estagiária e professora

Astronomia, Biologia e Biociências, Comunicação e Educação a Distância

Uma professora de Física e uma estagiária de Biologia – ambas ligadas ao Consórcio Cederj – elaboraram e publicaram um livro sobre Astrobiologia – um campo das ciências que envolve Física, Biologia, Geografia, Química, o que o torna interdisciplinar. Nesta entrevista, Adriana Oliveira Bernardes e Angela Ferreira Portella falam sobre Educação a Distância, o valor da tutoria, a importância do estágio para a profissão docente, as atividades desenvolvidas nas escolas, a produção do livro e, claro, Astrobiologia.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pandemia e Educação na imprensa

26/10 Educadora defende a inclusão da aprendizagem colaborativa na formação escolar

Leia aqui


15/09 Precursor e de contribuição "incomparável": como acadêmicos estrangeiros enxergam Paulo Freire

Leia aqui


31/08 Entre as principais medidas para enfrentar a crise, escolas disponibilizaram materiais pedagógicos impressos, e criaram grupos em aplicativos e redes sociais para facilitar a comunicação

Leia aqui

Seção Divulgação Científica

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Célestin Freinet

"A democracia de amanhã se prepara na democracia da escola."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco