Edição V. 21, Ed. 35 - 21/09/2021

O teatro como ferramenta didática para o ensino de História no Ensino Médio

História e Vivências de Sala de Aula

O artigo explora as potencialidades do teatro como ferramenta didática para o ensino de História. A partir das respostas de estudantes do 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio de colégio particular da Zona Norte do Rio de Janeiro sobre suas experiências prévias como espectadores, atores e/ou produtores dessa forma artística, a inclusão do teatro nos planos de aula sobre o tema trabalho foi considerada uma forma de potencializar aprendizagens significativas pautadas em múltiplas linguagens, de favorecer a formação integral e o desenvolvimento de habilidades e competências propostas pela BNCC.

Leia este artigo

Educação de Surdos – aspectos histórico-linguístico-culturais da comunidade surda

Educação Especial e Inclusiva e História da Educação

É de fundamental importância que, ao iniciar os estudos acerca da Educação de Surdos, conheçam-se os aspectos históricos e culturais, bem como todo o contexto educacional e linguístico vivenciado pelas comunidades surdas ao longo dos séculos, para assim compreender de fato os surdos enquanto minoria linguística e não pessoas que necessitam de reabilitação ora-auditiva. E pensando em iniciantes e leigos na leitura da escrita acadêmica, bem como no tocante aos Estudos Surdos, pensou-se a respeito da escrita de textos que abordem o contexto sócio-histórico-linguístico dos povos surdos.

Leia este artigo

Síntese reflexiva: marcos da Educação Inclusiva brasileira: perpassando o atendimento educacional especializado e refletindo sobre o Desenho Universal da Aprendizagem

Educação Especial e Inclusiva

No decorrer da História, as concepções de currículo passaram por diversos processos, e ainda hoje encontramos diferentes formas de compreender o mesmo. No entanto, ainda é evidente a falta de uma política que considere as múltiplas realidades sociais que constituem esta nação. Tais fatores se apresentam a partir da organização dos planos de ensino anuais que se repetem sistematicamente ano após ano, como protótipos educacionais engessados, objetivos e avaliações reproduzidas.

Leia este artigo

Educação Infantil: relato de vivências nos campos de experiências da BNCC

Educação Infantil e Vivências de Sala de Aula

Este trabalho é de natureza descritiva, uma vez que tem a intenção de descrever a experiência vivida no ano de 2019. Essa produção empreendida tem como finalidade promover uma experiência vivida na Escola do/no Campo Municipal Santo Antônio do Caramujo, situada em Cáceres/MT, especialmente com a turma da creche unificada de 2 e 3 anos de idade; para esse objetivo, foram realizadas atividades lúdicas com a finalidade de contribuir com o processo de ensino-aprendizagem dos educandos, dispondo como eixo orientador os cinco campos de experiência definidos na BNCC para a Educação Infantil.

Leia este artigo

Um falcão no punho e a alma na página

Língua Portuguesa e Literatura

Com uma linguagem extremamente poética e metafórica, Maria Gabriela Llansol escreve, em Um falcão no punho, uma narrativa de inações, ou seja, sem ações. Distanciando-se da narração tradicional, não há uma complicação, um clímax, um desfecho. Não há um enredo central que, epicamente, progrida e detenha ferozmente o olhar do leitor para a história, ansiando para a página final e o encerramento da aventura. Não há uma pluralidade de personagens, de espaços, de diálogos. Pois, então, o que há? Uma alma na página. A mente llansolana materializada no papel e a necessidade de reinventarmos a nossa maneira de leitura.

Leia este artigo

Pressupostos pedagógicos da teoria walloniana: interfaces com a proposta pedagógica de um centro de Educação Infantil

Educação Infantil

Este artigo tem como objetivo construir um paralelo analítico entre os pressupostos pedagógicos da teoria de Henri Wallon e a proposta de ensino e aprendizagem de um centro de Educação Infantil. Para isso, buscou-se analisar se os pressupostos pedagógicos contidos na teoria de Wallon se expressam no cotidiano de um centro de Educação Infantil em Acaraú/CE. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com as professoras e a coordenadora pedagógica. Frente aos resultados da pesquisa, foi possível concluir que as pressuposições feitas por Wallon são válidas e estão presentes no dia a dia da instituição pesquisada.

Leia este artigo

Educação e saúde: identificação morfológica e a importância médica dos escorpiões para alunos do 7º ano do Ensino Fundamental

Ecologia e Meio Ambiente, Zoologia, Biologia e Biociências e Vivências de Sala de Aula

Os acidentes com animais peçonhentos apresentam importância médica por causarem risco de vida às pessoas. E, entre os animais peçonhentos, os escorpiões se destacam pela quantidade de acidentes que causam anualmente e por sua letalidade em determinados casos. Um fator que favorece a disseminação dos escorpiões é a sua capacidade de se adaptar a viver nos centros urbanos, acentuando assim os riscos de envenenamento de seres humanos. Objetivando ensinar as características morfológicas e como se prevenir de possíveis acidentes, o presente trabalho atuou junto a estudantes do 7º ano, ensinando aspectos biológicos e de importância médica desses animais.

Leia este artigo

As Diretrizes Curriculares do Estado do Paraná - concepções curricular e pedagógica e organização curricular

Geografia, Instituição Escola e Política Educacional

O artigo objetiva discutir as concepções curricular e pedagógica presentes nas Diretrizes Curriculares Estaduais do Paraná implementadas a partir de 2008, bem como a organização curricular correspondente. Analisam-se exclusivamente as diretrizes de Geografia, focando nos anos finais do Ensino Fundamental. Mediante pesquisa documental com suporte bibliográfico, demonstra-se a perspectiva crítica em que estão fundamentadas as referidas concepções, assim como evidencia-se a opção das diretrizes por uma organização curricular disciplinar com base em perspectiva acadêmica.

Leia este artigo

Educação Inclusiva: dificuldades e intervenções

Educação Especial e Inclusiva

A inclusão dos alunos com deficiência no ambiente escolar não é um debate novo; tal fenômeno vem sendo abordado há décadas por pesquisadores e sociedades leigas que visam garantir o ingresso e permanência dessas pessoas no processo de ensino-aprendizagem. Um retrato do Brasil ineficiente nessa luta se vê de maneira nítida como um patamar ainda distante de ser alcançado. O trabalho aborda as dificuldades docentes e discentes e as políticas de intervenção para que seja bem-sucedido o processo de inclusão.

Leia este artigo

Educação e pandemia

Educação e pandemia

Artigos publicados na revista Educação Pública sobre a pandemia

Acesse aqui

Pandemia e Educação na imprensa

26/10 Educadora defende a inclusão da aprendizagem colaborativa na formação escolar

Leia aqui


15/09 Precursor e de contribuição "incomparável": como acadêmicos estrangeiros enxergam Paulo Freire

Leia aqui


31/08 Entre as principais medidas para enfrentar a crise, escolas disponibilizaram materiais pedagógicos impressos, e criaram grupos em aplicativos e redes sociais para facilitar a comunicação

Leia aqui

Seção Divulgação Científica

Pesquise em nossa biblioteca

Prezada autora, prezado autor, ao selecionar o material de consulta para seu trabalho, sugerimos que faça buscas também em artigos publicados na revista Educação Pública, que possui um sistema de busca sofisticado que facilitará a sua pesquisa. A citação dos artigos da revista Educação Pública certamente irá valorizar a sua publicação, a de seus colegas e a própria revista.

Citação

"É melhor construir salas de aula para o Menino do que celas e patíbulos para o Homem."
Eliza Cook (12/1818 – 09/1889)

Educadores e Educadoras

Célestin Freinet

"A democracia de amanhã se prepara na democracia da escola."

Twitter da revista

Siga-nos no Twitter @educacaopublica

Veja também

Fundação Cecierj


Diretoria de Extensão


Revista EaD em foco