Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Antropologia; Arqueologia; Comunicação; Direito; Economia; Filosofia; Geografia; História; Psicologia; Sociologia; Teologia
Limpar filtros
Aqui tem agudeza de espírito: você conhece o Espírito Santo?
Comunicação, Geografia, História e Língua Portuguesa e Literatura

Esta poesia traz, a cada estrofe, um elemento característico do Estado do Espírito Santo: suas cidades, suas histórias, sua formação social, sua música, seus pratos típicos, suas bebidas, os povos que o compõem e o visitam. Rememora eventos culturais, os grandes nomes nascidos ali, seus monumentos, os recursos naturais presentes nas suas terras. E mostra como o Espírito Santo é mais um dos vários Brasis que existem neste país, com rios, praias e montanhas. Sem falar em educação, ciência e tecnologia... ah, e o café! Para convidar a conhecer “suas gentes, sua fama, poder e encantos”.

Produção científica do ensino de Geografia no Brasil pela análise dos periódicos
Geografia e Formação de Professores

Este trabalho tem como objetivo diagnosticar a distribuição dos periódicos sobre ensino de Geografia, espacial e temporalmente como resultado dessa produção. Espera-se que esta pesquisa sirva como instrumento de conhecimento e divulgação da produção da área, a ponto de existirem periódicos dedicados a esse campo ou com seções específicas. A metodologia foi dividida em três etapas: seleção dos periódicos, catalogação dos artigos dessas publicações e análise dos dados. O diagnóstico da distribuição sobre ensino de Geografia reflete o histórico do desenvolvimento dessa área no Brasil.

O papel da colaboração família-escola no desenvolvimento da aprendizagem de crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
Psicologia, Educação Especial e Inclusiva e Educação Infantil

O presente estudo tem como finalidade analisar o papel da colaboração família-escola no desenvolvimento da aprendizagem de crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Para tanto foram traçados os seguintes objetivos específicos: compreender a maneira pela qual o TDAH afeta o desempenho escolar; e enfatizar a colaboração família-escola no acompanhamento pedagógico das crianças com TDAH. Este trabalho é uma pesquisa bibliográfica, com enfoque qualitativo, o que fundamenta a interpretação das informações coletadas a partir da leitura sistemática dos trabalhos levantados entre os meses de janeiro e abril de 2021.

A América Portuguesa em Ciro Flamarion Cardoso
História e Outras Mais Específicas

Esta é uma breve resenha do capítulo “A Crise do Colonialismo Luso na América Portuguesa (1750/1822)”, de Ciro Flamarion Cardoso, incluído no livro de Maria Yedda Linhares “História Geral do Brasil”. Nele é possível perceber que, mesmo tendo experimentado diversas etapas no período, o Brasil, às vésperas de conquistar sua independência, continuava sendo, apesar de tudo, estruturalmente uma sociedade colonial. Continuava a existir, nos costumes e nas leis, uma estratificação social de base étnica.

Inclusão e mediação escolar: relato do processo inclusivo de uma criança autista
Psicologia, Educação Especial e Inclusiva, Instituição Escola e Política Educacional

Este artigo buscou compreender o processo inclusivo de uma criança com necessidades educacionais especiais através do relato de caso, objetivando incitar novos olhares que sejam capazes de evidenciar que a inclusão social é fundamental para alcançar o êxito no processo de inserção escolar e, a partir disto, promover a construção de diferentes arranjos organizacionais. A escolha desta temática decorreu do acompanhamento diário, como profissional de apoio, das vivências de socialização desse aluno em situação de inclusão em uma escola particular do Rio de Janeiro. Para tanto, o estudo pautou-se em uma pesquisa qualitativa que se deu através da revisão bibliográfica sustentado teoricamente em pressupostos que discutem a inclusão.

Wittgenstein e os jogos de linguagem
Filosofia

Este artigo visa promover uma breve reflexão em torno do conceito de “jogos de linguagem” em Ludwig Wittgenstein. Assim, pretende aproximar de professores da Educação Básica questões relacionadas ao campo da Filosofia da Linguagem pertinentes à problematização conceitual em diferentes áreas do conhecimento. Ao perceber que o estatuto epistemológico das disciplinas escolares é determinado – e, portanto, delimitado – pela linguagem, o domínio desses jogos pode ampliar a oferta da experiência educativa por meio de múltiplas possibilidades no interior do domínio linguístico como forma de representação e modo de (res)significação do real.

Um estudo da intencionalidade matemática nas obras de Mondrian: a História e a Arte, interdisciplinaridade e analogias
Matemática, História e Artes Plásticas

Este artigo faz um levantamento bibliográfico a respeito das fases das obras do pintor Piet Mondrian. Contextualizando historicamente aspectos da sua vida e das vanguardas cubista e neoplasticista, investigam-se as influências do pensamento teosófico, abstrato e geométrico. No cubismo, já é notório o processo de planificação em suas obras, diferencial do trabalho desenvolvido pelo artista, por intermédio da composição, da distribuição dos elementos visuais e da simplificação em linhas verticais e horizontais. Transitando para o neoplasticismo, prossegue na exploração de fatores matemáticos, na perspectiva abstrata; o abandono de linhas curvas, diagonais, ângulos obtusos gerou impacto e perda de profundidade espacial.

Análise crítica da proposta curricular para o 6º ano do Ensino Fundamental do Estado do Rio de Janeiro
Geografia, Formação de Professores e Política Educacional

Este artigo tem como objetivo realizar uma análise sobre o Currículo Mínimo do 6º ano utilizado nas escolas públicas da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro, trazendo aspectos referentes à sua elaboração e sobre como ele afeta os docentes e a parte principal de todo o sistema educacional: os alunos. O trabalho está dividido em tópicos que abordam diferentes aspectos sobre nosso objeto central de estudo, usando como fonte, além de alguns autores, as observações realizadas por mim durante o período de estágio.

Resenha do artigo "A técnica de grupos operativos à luz de Pichon-Rivière e Henri Wallon"
Psicologia

O artigo em questão apresenta uma perspectiva bastante interessante sobre avaliação de sistemas de interação dos indivíduos, mostrando como a convivência entre um ser e a comunidade em que está inserido contribui para o processo de formação de sua personalidade, bem como da sua saúde mental, possibilitando aprendizagens diversas, já que ele participa de interações com pessoas distintas, tanto no âmbito familiar como nas demais instituições de que participa – como o ambiente escolar. Nesse sentido, os grupos operativos são instrumentos importantes para viabilizar a aprendizagem dos indivíduos.

Bullying e cyberbullying: atualizações científicas sobre um tema que não pode ser ignorado pelos professores
Psicologia, Formação de Professores e Instituição Escola

Este artigo traz um histórico e importantes informações atuais sobre a prática do bullying (e seu desdobramento eletrônico, o cyberbullying) nas escolas do Brasil, bem como orientações para que os professores possam intervir de maneira eficiente, sob a perspectiva da Psicologia do Desenvolvimento, de modo a sanar tal problema. Fala da questão da raiva (emoção humana), sua manifestação em forma de violência como modo de comunicação e a reverberação desses fatores. Esperamos ter trazido esclarecimentos e diretrizes aos educadores em face a ocorrências dessa natureza.