Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Avaliação; Educação a Distância; Educação Especial e Inclusiva; Educação Infantil; Formação de Professores; História da Educação; Instituição Escola; Vivências de Sala de Aula
Limpar filtros
Biblioteca escolar: ação mediadora e o papel do bibliotecário
Instituição Escola

O presente artigo apresenta reflexões sobre o papel da biblioteca no contexto escolar, revela acontecimentos primordiais para a sociedade – a oralidade, a escrita e a organização do conhecimento nas bibliotecas – e o importante papel do bibliotecário na colaboração da prática do currículo escolar. Partindo do pressuposto de que a biblioteca escolar é um ícone significativo na ação mediadora no processo de ensino-aprendizagem, este trabalho tem como objetivo central abordar as contribuições da biblioteca perante a comunidade escolar. Trata da mediação da biblioteca por meio do seu acervo baseado no currículo escolar e a participação do bibliotecário nesse processo. Identifica o papel da biblioteca no processo de curricularização escolar, partindo dos Parâmetros Curriculares Nacionais e a mediação do profissional bibliotecário no currículo escolar. Diante desses desafios, o trabalho pretende contribuir com a comunidade científica que tem interesse na temática biblioteca por meio do levantamento bibliográfico, pesquisa documental e, por fim, refletir sobre as possibilidades que a biblioteca oferece à comunidade escolar no que tange ao apoio pedagógico e à prática do currículo.

As contribuições da dança (do ventre) no ensino-aprendizagem para crianças: uma óptica neurocientífica
Sociologia, Formação de Professores e Dança

A dança é um sólido componente educativo, que auxilia nas diversas esferas do desenvolvimento infantil; com o avanço das neurociências, tornou-se ainda mais evidente a importância incontestável que ela possui. Este estudo traz sugestões de práticas e objetiva compilar as diversas contribuições da dança no processo de ensino-aprendizagem para crianças, difundir os diversos benefícios possíveis de serem conquistados pelos praticantes dessa arte, de maneira a servir de inspiração para educadores da área; propõe também transformar a visão ultrapassada de que dançar se resume a copiar passos prontos cuja concepção tradicional entende que apenas o corpo trabalha, numa clara manutenção do dualismo cartesiano a fundamentar o conceito de corpo/mente.

A leitura e a escrita no processo de alfabetização
Avaliação

A pesquisa A Leitura e a Escrita no Processo de Alfabetização tem como finalidade aprofundar e desenvolver a compreensão no processo de leitura e escrita, analisar as atividades realizadas pelos educandos e a comunicação oral e escrita; avaliar o processo de alfabetização nos comportamentos e utilizar situações didáticas. O problema apresentado é compreender quais são as características da prática pedagógica no desenvolvimento e aplicação das ações para a leitura e a escrita no processo de alfabetização. A pesquisa realizada teve um caráter bibliográfico e qualitativo. É necessário demonstrar a importância do uso da leitura e da escrita no processo de alfabetização.

O esvaziamento do caráter humanizador da literatura no ambiente escolar
Formação de Professores, Instituição Escola e Língua Portuguesa e Literatura

O trabalho com a literatura, na Educação Infantil e nos Ensinos Fundamental e Médio não desenvolve seu aspecto humanizador, dando preferência ao estudo de características formais e gramaticais do texto e aspectos que caracterizam as obras como pertencentes a determinados estilos ou épocas literárias.

A utilização dos mapas conceituais como ferramenta didática nas licenciaturas de Física e Matemática do Cederj
Física, Matemática, Educação a Distância e Formação de Professores

A inserção do mapa conceitual nos cursos de formação docente visa a constituir uma estratégia pedagógica de significativa relevância para a apropriação de conceitos científicos, ajudando os alunos estagiários a analisar e integrar informações e a atribuir sentido ao que estão estudando. Nesse sentido, os mapas conceituais foram incluídos no nosso plano de curso em 2012 como ferramenta didática no Estágio Supervisionado IV (última etapa dos estágios), por meio do fórum de discussão: Mapas conceituais: organização e representação do conhecimento. Considerando a receptividade dos estagiários e os resultados profícuos, foram criadas oficinas e atividades regulares para maior exploração do tema. A consolidação desse trabalho aponta a sua importância nos depoimentos dos estagiários, ao promover a inclusão dos mapas conceituais nos currículos escolares das escolas de Ensino Fundamental e Médio, por reconhecê-los como estratégia valorosa para criar o hábito da pesquisa e, portanto, para uma educação mais qualificada.

A Filosofia teológica de Tomás de Aquino e sua importância para o processo educativo
Filosofia, História, Formação de Professores, História da Educação, Cidadania e Comportamento e Política Educacional

O presente trabalho é fruto de pesquisa bibliográfica sobre a filosofia teológica do tomismo para o processo educativo; Tomás de Aquino é o mais importante pensador medieval e a sua filosofia, indissociável da Teologia em sua época, ainda hoje tem importância para o processo pedagógico e para o educador da atualidade, em que merecem destaques três aspectos do pensamento tomasiano para a atualidade: a valorização do mundo material; a afirmação da primazia da virtude da prudentia; e a perspectiva da prudentia negativa em Filosofia. Sem esse referencial, nossas decisões não se fundamentam, pois acabam sendo tomadas com base em preconceitos, por razões interesseiras, ou por qualquer outro motivo, nunca com base em princípios éticos e morais.

A evasão na EaD: Uma análise sobre os dados e relatórios, ano base 2017, apresentados pelo Inep, UAB e Abed
Educação a Distância

Este trabalho teve como objetivo levantar dados sobre a evasão de alunos em curso superior na modalidade a distância, sendo analisados dados e relatórios apresentados pelo Inep, UAB e Abed referentes ao ano de 2017. A evasão em cursos de EaD vem causando danos e perdas em instituições de ensino públicas e privadas; o problema apresenta poucos estudos ou dados relevantes de combate ou uma política efetiva sobre o tema. É possível afirmar que o crescimento na EaD é constante e tende a aumentar devido às novas políticas públicas que já abrangem o Ensino Médio e não mais somente cursos técnicos e superior, o que irá facilitar o acesso a essa modalidade, possibilitando maior democratização do conhecimento. Tal crescimento traz consigo uma série de questionamentos, entre eles a evasão. O presente estudo buscou, pela análise exploratória de dados, os principais motivos e razões para evasão dos alunos na EaD.

Perfil, motivo da escolha e concepções dos ingressantes no curso de licenciatura em Ciências da Natureza em EaD na UAB/IFPI
Educação a Distância

Uma análise das características dos alunos que cursam uma segunda licenciatura da UAB/IFPI compara-as com as de outras instituições que oferecem cursos na modalidade e identificam necessidades específicas para seu público, a fim de alcançar sucesso.

Gestão escolar brasileira
Instituição Escola e Política Educacional

As escolas, nas últimas décadas, vêm passando por grandes mudanças, provenientes do clamor da sociedade, que reivindica uma educação de qualidade. Há mais de 80 anos a gestão escolar brasileira trabalha em defesa de projetos para ação ativa na educação pública que tragam conteúdos de nível mais elevado. A gestão democrática tornou-se a bandeira principal de luta dos educadores, resultando em aprovação de princípios para tal. O Plano Nacional de Educação resgata os princípios para um bom preparo de conteúdos para a prática docente no ensino-aprendizagem do plano escolar anual.

Trajetória do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira na Educação Básica: uma vitória contra discursos coloniais e raciais
Geografia, Formação de Professores e História da Educação

Este trabalho aborda a importância da Lei nº 10.639, de 2003, que inclui a História e Cultura Afro-Brasileira nos currículos, relaciona seus benefícios, identifica as necessidades para sua implantação e como pode vir a afetar os estudos de Geografia na Educação Básica.