Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Agronomia; Astronomia; Biologia e Biociências; Computação e Tecnologias; Física; Geologia; Matemática; Química
Limpar filtros
Um panorama sobre o uso de jogos didáticos de Biologia
Biologia e Biociências

Ferramentas didáticas, como jogos, podem auxiliar na aprendizagem, enriquecendo o cognitivo, instigando o senso crítico, estimulando a criatividade, fazendo o aluno pensar enquanto brinca, contudo é mister que o jogo didático tenha um bom embasamento teórico para alcançar seus propósitos pedagógicos. Assim, o objetivo deste trabalho é oferecer ao leitor uma breve revisão de literatura, com caráter exploratório, envolvendo os grandes temas da Biologia, sobre o uso de jogos didáticos, buscando uma reflexão dos tipos de jogos construídos e quais seus objetivos no processo de ensino-aprendizagem.

Aplicação de metodologias diferenciadas no ensino de Ciências, Matemática e Química: da Educação Básica ao Ensino Superior
Matemática, Química e Vivências de Sala de Aula

Este trabalho contempla práticas pedagógicas realizadas por professores de Ciências, Matemática e Química em instituições públicas do Rio de Janeiro, com alunos da Educação Básica e Superior. As metodologias diferenciadas em Ciências e Matemática foram realizadas no Ensino Fundamental, enquanto as de Química, com alunos de um curso de Formação de Oficiais. Este trabalho é caracterizado como um relato de experiência de natureza qualitativa. Os dados surgiram de observações e fotografias. Diante das práticas realizadas, foi observada maior troca de conhecimentos e um maior interesse dos alunos.

O ensino-aprendizagem do raciocínio lógico-matemático na Educação Infantil
Matemática, Educação Infantil e Vivências de Sala de Aula

O raciocínio lógico serve para organizar os pensamentos a fim de chegar a conclusões sobre todo e qualquer assunto. Após a abstração do aprendizado, o indivíduo tende a representar novas sistematizações, por isso a importância dos educadores para a mediação no processo de maturação do pensamento lógico-matemático na Educação Infantil. Esta pesquisa buscou reunir teóricos e trabalhos norteadores do fazer docente, passando pela legislação atual e buscando sugestões de abordagens que facilitassem o entendimento da lógica matemática, desde as primeiras relações da criança até o seu encorajamento para a prática.

Utilização da dinâmica de reality show como estratégia de gamificação do ensino remoto de Química
Química

A gamificação tem se mostrado uma boa aliada do processo de ensino-aprendizagem nas salas de aula no Ensino Médio, ainda mais durante o período pandêmico, com contatos primordialmente digitais. Este trabalho objetiva apresentar uma proposta de gamificação do ensino de Química com base na dinâmica do reality show Big Brother Brasil em uma sala de 1º ano do Ensino Médio na cidade de Teixeira de Freitas/BA. Os resultados encontrados com a utilização da proposta de gamificação foram positivos, notando-se maior interação dos alunos durante as aulas e maior compreensão dos conteúdos.

Os desafios do ensino-aprendizagem de um aluno com transtorno do espectro autista no Ensino Técnico de Nível Médio em uma escola pública
Química, Educação Especial e Inclusiva, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

O transtorno do espectro autista faz parte dos transtornos de desenvolvimento e é caracterizado pelo comprometimento de habilidades sociais de comunicação e comportamento estereotipados. O objetivo do presente trabalho é apresentar um relato de experiência sobre os enfrentamentos e ações desenvolvidas para acolher e ensinar um aluno com autismo num curso técnico integrado numa escola pública da rede federal. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa separada em duas etapas. O aluno apresentava dificuldades na fala e na escrita e as avaliações foram adaptadas: questões objetivas e com menor necessidade de escrita.

Saberes científicos e populares acerca da galinha d'angola: uma conexão afro-brasileira
Biologia e Biociências

As abordagens acerca das histórias e culturas africanas e afro-brasileiras não deveriam se restringir às disciplinas História e Arte. É necessário que as demais disciplinas dialoguem com as propostas da Lei nº 10.639/03 para que a educação possa se tornar um agente na luta pelo respeito às diversidades. O presente trabalho foi desenvolvido na disciplina de Ciências em uma escola pública, com 106 alunos do 7° ano do Ensino Fundamental. O objetivo geral foi sensibilizar os alunos acerca da formação identitária brasileira e proporcionar acesso às histórias e às memórias dos povos africanos e afro-brasileiros.

Microscópio óptico: sua utilização embasada na aprendizagem significativa
Biologia e Biociências

As aulas práticas ou experimentais são essenciais para complementar uma aula teórica, mas é preciso que os docentes sejam mais estimulados no desenvolvimento de metodologias mais atraentes e motivadoras, a fim de aplicá-las. Este estudo teve como objetivo observar e diferenciar as estruturas das células vegetais e histológicas por meio do microscópio óptico, utilizando estratégias direcionadas para uma aprendizagem significativa. A pesquisa foi desenvolvida em uma escola federal do Rio de Janeiro com uma turma do 1º ano do Ensino Médio. Seis discentes participaram como voluntárias no desenvolvimento das aulas práticas de Citologia.

A importância do diálogo, numa perspectiva freiriana, na retomada da presencialidade depois do período remoto da covid-19
Física e Vivências de Sala de Aula

Este artigo reflete sobre o papel do diálogo na relação pedagógica como ferramenta para uma possível autonomia do aluno/indivíduo num contexto pós-pandemia. Foi traçada uma trajetória simples, abordando o método da Pedagogia da Autonomia de Freire; depois foi explanada a realidade da sala de aula com o retorno ao presencial depois de quase dois anos de ensino remoto, o distanciamento existente na relação aluno-professor, bem como a função do diálogo de romper essa fronteira. Também foi exposto o fato de que o ambiente escolar é formado por pessoas com diferentes realidades e culturas, e o educador deve trabalhar essas diferenças.

Construção e interpretação de árvore filogenética usando modelo tridimensional
Zoologia, Biologia e Biociências e Vivências de Sala de Aula

Este artigo descreve uma experiência de aplicação de sequência didática com discentes de uma escola pública do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo da sequência didática foi, por meio de uma atividade investigativa e de construção de modelos tridimensionais de árvores filogenéticas, proporcionar aos alunos a aprendizagem de como interpretar corretamente uma árvore filogenética e identificar que ela expressa uma hipótese evolutiva dos seres vivos que estão nessa árvore. O uso do modelo tridimensional contribuiu para que os alunos pudessem perceber o objetivo de construir uma árvore filogenética.

Jogo Batalha Naval Periódica: uma estratégia de ensino-aprendizagem no ensino de Ciências
Química e Vivências de Sala de Aula

O presente trabalho teve como objetivo a utilização do jogo Batalha Naval Periódica como estratégia para auxiliar no ensino-aprendizagem de tabela periódica pelos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental. A estratégia foi aplicada em três turmas de uma escola pública no município de Itaboraí/RJ. O jogo utilizado foi um tabuleiro de batalha naval empregando uma tabela periódica projetada no quadro branco, em que os alunos, divididos em grupos, escolhiam suas jogadas com base na orientação de períodos e famílias da tabela periódica.