Biblioteca

Filtrar os artigos

Pesquisar na Biblioteca

Selecione uma ou mais opções

Nível de ensino

Selecione uma ou mais opções

Natureza do trabalho

Selecione apenas uma opção

Categoria de Ensino

Selecione uma ou mais opções

Ciências Ambientais

Ciências da Saúde

Ciências Exatas e da Terra

Ciências Humanas

Educação

Letras, Artes e Cultura

Políticas Públicas


Filtros aplicados:

Categoria de Ensino: Espaços Urbanos; Política Cultural; Política Educacional
Limpar filtros
Química e Educação em Direitos humanos: questões étnico-raciais, História e Cultura Afro-Brasileira e Africana no ensino de Química
Química e Política Educacional

Falar da escola é falar do lugar onde se vivem experiências inesquecíveis, as quais levamos para a vida inteira. É na sala de aula que entendemos tudo que acontece no mundo exterior à escola e usar esse lugar para levantar questões sociais é uma tarefa desafiadora. O objetivo deste trabalho foi analisar, por meio de uma coletânea de artigos e fundamentos teóricos, como a Educação em Direitos Humanos, com enfoque nas questões étnico-raciais no ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e o Ensino de Química estão entrelaçados. Foi verificado, também, como esse entrelaçamento interfere na educação e na formação dos futuros docentes.

Democracia escolar e o papel da gestão na escola do século XXI
Instituição Escola e Política Educacional

As pesquisas realizadas para desenvolver este trabalho consistiram principalmente na busca bibliográfica nos principais periódicos educacionais do país. A utilização dessas fontes e a forma como esta pesquisa foi conduzida se devem ao número de artigos publicados e à relevância deles frente aos temas, como administração/gestão escolar, democracia escolar, associações de pais e mestres (APM), dentre tantos outros. Tal fato corrobora o propósito deste estudo, que foi encontrar elementos de convergência entre ideias diversas e pontos de vista distintos no que tange à gestão democrática no sistema educacional público do Brasil na atualidade.

Entre o descritível e o interpretável com base na ideologia inconsciente do discurso
Comunicação, Psicologia, Sociologia, Outras Mais Específicas e Política Educacional

Nos estudos de Levy, o virtual é a possibilidade do real; por exemplo, na tecnologia empregada para a Educação a Distância, os indivíduos e toda a estrutura de informação e comunicação se virtualizam, não estão presentes em elementos físicos e geográficos, e a própria temporalidade se desintegra nesse universo factível. O processo comunicativo deixa de ser simultâneo, os interlocutores em certas situações aguardam o retorno de uma mensagem fora do tempo em que ela foi produzida. Nesse espaço virtual, denominado como ciberespaço, a materialização do discurso se dá sem contato com elementos físicos ou fora da temporalidade em que o ato comunicativo acontece.

Resistência e pandemia: os desafios de uma professora quilombola no enfrentamento à covid-19
Educação a Distância, Educação Especial e Inclusiva, Educação Infantil, Formação de Professores, Vivências de Sala de Aula e Política Educacional

O presente trabalho é fruto de uma pesquisa sobre a prática docente na Educação Infantil; tem por objetivo propor reflexões a partir dos resultados obtidos em entrevista realizada com a professora Rosária Costa. Embora inicialmente pensada com o propósito de conhecer dilemas e adversidades enfrentados pela docente durante a pandemia da covid-19, é impossível ignorar sua trajetória e suas experiências como mulher negra e militante da Comissão das Comunidades Quilombolas do Vale do Jequitinhonha.

Educação Inclusiva e suas repercussões
Educação Especial e Inclusiva, História da Educação e Política Educacional

O presente artigo objetiva fazer rastreamento histórico da Educação Especial, procurando resgatar os diferentes momentos vivenciados a fim de compreender os fatos que influenciaram o cotidiano escolar e as conquistas alcançadas pelas pessoas que apresentam necessidades educacionais especiais. Durante a maior parte da história da humanidade, o deficiente foi vítima do descaso, pois a ênfase era dada sobre sua “incapacidade” ou a sua “anormalidade”. Ao exaltar o valor do ser humano, havia uma visão patológica da pessoa com deficiência.

Indústria cultural e seu impacto na educação
Sociologia, Política Cultural e Política Educacional

Este trabalho trata da indústria cultural e de sua influência na educação contemporânea. Usando meios modernos de comunicação, a ideologia do consumo permeia toda a cultura contemporânea, de forma que os meios de comunicação capturam essa ideologia e a reproduzem. A indústria cultural se globalizou e está se espalhando pelo mundo; hoje em dia, qualquer acontecimento pode ser monetizado por meio do YouTube e outras redes sociais. A cultura vai perdendo cada vez mais sua particularidade para dar lugar ao lucro.

Pedagogia e Educação Física: concepções e perspectivas sobre os processos de regulação e atuação do pedagogo
Formação de Professores e Política Educacional

Esta pesquisa possui como objetivo constituir reflexões teórico-metodológicas sobre os instrumentos jurídicos de regulação da atuação do pedagogo no componente curricular Educação Física nos anos iniciais do Ensino Fundamental, identificando seu contexto histórico, conceitual e documental. O resultado da pesquisa aponta se esse componente curricular deve ou não ser trabalhado nos anos iniciais do Ensino Fundamental pelo pedagogo, em consonância com os objetivos da BNCC, identificando sua aptidão e se as metodologias são favorecidas de maneira a desenvolver a capacidade de autonomia de cada indivíduo.

A importância de considerar o Fundeb como política pública de Estado na garantia do direito à Educação Básica
Direito e Política Educacional

Este artigo tem como objetivo principal avaliar se a efetivação do direito à Educação Básica sofre implicações se o Fundeb for considerado política pública estatal. Definindo o caráter do fundo e avaliando alguns de seus aspectos financeiros, pretende-se analisar em que medida o programa contribui para a garantia do acesso à educação por parte da população brasileira e como a atribuição de um status estruturante pode se fazer necessária para que tais efeitos se prolonguem no tempo.

Educação Inclusiva e formação continuada de professores no Ensino Fundamental I: reflexões a partir de uma experiência educativa na rede pública municipal de Guaçuí/ES
Educação Especial e Inclusiva, Formação de Professores e Política Educacional

O principal objetivo do presente trabalho foi apresentar algumas reflexões sobre o processo de inclusão dos alunos da rede municipal nas escolas do segundo ano da Educação Fundamental de Guaçuí/ES. Para tanto, foi realizada uma pesquisa com docentes atuantes nesse nível de ensino (os professores diretamente envolvidos) acerca de suas percepções a respeito da formação continuada, no intuito de investigar o quantitativo de crianças em atendimento. Por meio da pesquisa, foi possível perceber que há inúmeras dificuldades no cotidiano escolar da Educação Inclusiva.

Inclusão: desafios do atendimento educacional especializado
Educação Especial e Inclusiva, Educação Infantil, Formação de Professores, História da Educação, Instituição Escola e Política Educacional

Durante muitos anos, as pessoas portadoras de algum tipo de deficiência ficavam à margem da sociedade, sendo excluídas ou até mesmo mortas, como acontecia em algumas civilizações, como em Esparta, por acreditar que elas não teriam potencialidade a ser desenvolvida em prol da sociedade. O presente artigo tem como finalidade refletir sobre a trajetória das pessoas com deficiência na história da humanidade em estudo de cunho bibliográfico. Este trabalho busca compreender melhor os processos de transição das ideias sobre a deficiência até a atualidade, para construir uma sociedade inclusiva.